Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Educação

Especialista: Tempo de prova 2º dia do Enem é insuficiente


Gente de Opinião

Mariana Tokarnia
Agência Brasil

Brasília - O tempo de cinco horas e meia para que o candidato resolva as questões e escreva a redação no segundo dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é insuficiente, de acordo com análise do especialista e presidente de honra do Cursinho Henfil de São Paulo, Mateus Prado. Segundo ele, a prova tem 180 questões e a maioria exige muita leitura. "Não dá tempo do aluno bem preparado fazer tudo. Se fez a redação, teve que chutar alguma", diz.

As questões eram de linguagem, códigos, matemática e suas tecnologias. O tema da redação foi Efeitos da Implantação da Lei Seca no Brasil. O Enem abordou temas como Tropicalismo e novas tecnologias. Entre os itens foram citados artistas da música como Rita Lee, Noel Rosa, João de Barro, Dolores Duran, Ary Barroso, Lamartine Babo, Tom Jobim e Vinicius de Moraes. A questão, que trata do movimento musical da década de 1960, o Tropicalismo, segundo o professor exigia conhecimentos além dos que são dados em sala de aula.

Na prova há também, como ontem (26), questão sobre índios, que trata de comunidades tradicional, citando a obra As razões de Ser Guarani-Kaiowá, de Rafael Azzi. Parte da letra de Até quando? de Gabriel, o Pensador, também aparece, em questão sobre linguística.

Prado diz que a prova deste domingo, diferentemente da de ontem, manteve o padrão que vem sendo usado nos exames dos anos anteriores, com questões que exigem muita interpretação de texto. O nível também foi semelhante. Ele reforça que a prova de sábado foi mais difícil que a dos anos anteriores. Pela fórmula de cálculo das notas do Enem, que confere mais pontos a questões acertadas por menos candidatos, os estudantes que acertaram mais questões no sábado têm chances de ter uma nota melhor, estima.

Sobre a redação, ele diz que o tema é pertinente, mas que a forma como está enunciado induz o candidato a não apresentar uma proposta. Pelo edital do Enem, o candidato deve apresentar um argumento e uma proposição. Segundo ele, a tendência do aluno será listar os efeitos da Lei Seca, apenas. "O problema é o álcool no volante e a solução já é a própria lei. Acho que isso vai confundir os candidatos", diz.

As redações serão avaliadas de acordo com cinco competências: domínio da norma-padrão da língua escrita; compreensão da proposta da redação e aplicação de conceitos de diversas áreas do conhecimento para desenvolver o tema; capacidade de selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações para defender um ponto de vista; conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação; e elaboração de proposta de intervenção ao problema abordado, respeitando os direitos humanos.

A estrutura deve ser dissertativo-argumentativa, ou seja, os candidatos devem expor argumentos relacionados ao tema da redação, elaborando-os de forma consistente e coerente. O número mínimo de linhas é oito e o máximo 30. As redações com sete linhas ou menos receberão nota zero.

O horário da prova do Enem encerrou-se às 18h30. Os candidatos começaram a fazer a prova às 13h, no horário de Brasília. A edição de 2013 teve número de inscrições recorde: mais de 7,1 milhões de estudantes. As provas foram aplicadas em 1.161 cidades e 16.355 locais de prova. Os gabaritos dos dois dias de provas serão divulgados até o dia 30, no endereço www.enem.inep.gov.br. O serviço de atendimento do Ministério da Educação também é feito pelo telefone 0800-616161.

Mais Sobre Educação

Laerte Gomes se reúne com secretário de Educação e anuncia indicação do plano de segurança nas escolas públicas

Laerte Gomes se reúne com secretário de Educação e anuncia indicação do plano de segurança nas escolas públicas

Parlamentar informou que indicará ao Governo implantação de Plano Estratégico de Segurança nas escolas públicas do EstadoO presidente da Assembleia

Programa de Desenvolvimento Executivo proporciona dupla certificação FGV em tempo reduzido

Programa de Desenvolvimento Executivo proporciona dupla certificação FGV em tempo reduzido

Programa de Desenvolvimento Executivo (PDE)O Programa de Desenvolvimento Executivo (PDE) da Sapiens FGV está com turmas abertas para Manaus e Porto

Sapiens FGV recebe evento de fomento ao comércio exterior nos dias 09 e 10 de abril

Sapiens FGV recebe evento de fomento ao comércio exterior nos dias 09 e 10 de abril

O Grupo Sapiens é parceiro do Business Day Rondônia, encontro empresarial voltado para importação e exportação que acontece nos dias 9 e 10 de abril,

Mestrado Acadêmico em Psicologia - Divulgado edital do Processo Seletivo 2019 para ingresso discente

Mestrado Acadêmico em Psicologia - Divulgado edital do Processo Seletivo 2019 para ingresso discente

O Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) torna público o03/2019/Mapsi/Unir, relativo ao Processo