Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Educação

ESBR entrega reforma da escola Padre Chiquinho


Uma das principais reformas em Porto Velho com recursoESBR entrega reforma da escola Padre Chiquinho  - Gente de Opiniãos de compensação social, a da Escola Municipal Padre Chiquinho, no bairro Areal, foi inaugurada nesta quinta-feira, 8. O estabelecimento de ensino recebeu um investimento de R$ 1.286.167,42, da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), empresa responsável pela construção, operação e manutenção da Usina Hidrelétrica Jirau.

“Não foi só uma reforma. A escola foi praticamente reconstruída. Tudo que existe em qualquer escola particular de Porto Velho, existe aqui também”, disse o prefeito Roberto Sobrinho, durante a solenidade de inauguração.

Segundo Sobrinho, os empreendimentos hidrelétricos que estão sendo construídos no Rio Madeira têm ajudado a prefeitura a fazer as mudanças necessárias para melhorar a infraestrutura da educação. “Nós estamos recebendo cerca de R$ 150 milhões de compensações sociais das usinas do Madeira e, desse total, em torno de R$ 30 milhões estão sendo aplicados na educação, na reforma das escolas, capacitação dos professores e outros serviços”, destaca o prefeito.

A Energia Sustentável do Brasil possui mais de 100 convênios com o município de Porto Velho para o repasse de compensações sociais, sendo 34 destinados à educação. “Para nós é uma grande satisfação podermos proporcionar um espaço mais confortável para os estudantes. Além da escola Padre Chiquinho, também reformamos outras escolas, que estão sendo devolvidas à população com uma infraestrutura muito melhor”, ressalta o diretor Institucional da empresa, José Lucio de Arruda Gomes.

ESBR entrega reforma da escola Padre Chiquinho  - Gente de OpiniãoA reforma

O prédio da escola Padre Chiquinho, construído na década de 70, passou por um reparo geral. Ganhou uma nova pintura e iluminação. Foi feita a revisão do telhado, substituição do forro e do piso antigo por granilite, revisão das instalações elétricas e hidráulicas, reconstrução do sistema de abastecimento de água e tratamento de esgoto,instalação de novo padrão de energia elétrica, construção de rampas de acesso e passarelas cobertas.

Além disso, foram construídas mais duas salas de aula, com capacidade para 40 alunos cada uma; nova cozinha, refeitório e banheiros; ampliação da biblioteca; reforma do gabinete odontológico; implantação de uma sala multiuso e outra para a prática musical.

Na quadra de esportes, foi feita a troca do piso; instalação de alambrado; construção de arquibancadas e de vestiários. E na frente do prédio, no acesso pela Avenida Campos Sales, foi criado um novo design de fachada.


Fonte: Comunica

Mais Sobre Educação

6ª Olimpíada de Língua Portuguesa é lançada e recebe inscrições

6ª Olimpíada de Língua Portuguesa é lançada e recebe inscrições

Uma cerimônia com homenagens e muita emoção marcou o lançamento na última quarta-feira (20) da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa, no Auditório Guajuvi

Acadêmicos do curso de Biomedicina realizam triagens no projeto "Posso escolher"

Acadêmicos do curso de Biomedicina realizam triagens no projeto "Posso escolher"

Nesta quarta-feira (21), acadêmicos do curso de Biomedicina da FIMCA participaram do projeto "Posso escolher", realizado pela Prefeitura de Porto Velh

ONU declara, 2019 será  o Ano Internacional das Línguas Indígenas

ONU declara, 2019 será o Ano Internacional das Línguas Indígenas

Iniciativas apoiadas pela Fundação Banco do Brasil reforçam a relevância dos povos na história, cultura e preservação do meio ambienteA ONU (Organizaç

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

Aconteceu na última sexta-feira (15) o segundo e último dia de colação de grau da Faculdade FIMCA, realizado na Vila Olímpica do campus. O momento foi