Porto Velho (RO) segunda-feira, 29 de novembro de 2021
×
Gente de Opinião

Educação

Egresso da FARO é aprovado para o concorrido MP-RO


 Egresso da FARO é aprovado para o concorrido MP-RO - Gente de Opinião

Ex-acadêmico da FARO foi aprovado em uma das carreiras mais desejadas por estudantes de Direito de todo o país e nos conta como conseguiu a vitória.

Bruno César Singulani França, de 29 anos, fez a Graduação e Pós-Graduação na FARO e afirma que os conhecimentos adquiridos foram de grande valia para o seu ingresso na carreira da magistratura.

A formação na FARO

O curso de Direito na FARO foi de grande valia. Tive contato com bons professores, que orientaram-me e fincaram as bases do conhecimento jurídico. O curso foi ministrado adequadamente, sem dilações no cronograma, o que permitiu que concluíssemos no tempo adequado e ingressássemos no mercado de trabalho sem atrasos indevidos.

Ainda na FARO fiz o curso de Pós-Graduação em Direito Constitucional e Administrativo, o que me rendeu pontos na fase de títulos do concurso, permitindo que alcançasse melhor colocação no certame. Nesse tocante, gostaria de agradecer a todos da coordenação de Pós-Graduação, pela presteza e solidariedade, e também aos professores, todos muito capazes.

 A preparação

Além dos estudos na FARO, fiz o curso Preparatório para Ingresso na Carreira da Magistratura do Estado de Rondônia – EMERON, oportunidade em que mantive contato com professores brilhantes, bem como outros cursos que somaram considerável conteúdo jurídico. Além disso, concentrei os estudos em massiva leitura da legislação, doutrina e acompanhamento da jurisprudência.

 As renúncias recompensadoras

O caminho até a pretendida aprovação não é dos mais fáceis; entretanto, é inegavelmente, recompensador. Aquele que almeja a aprovação em um concurso público, mormente de carreiras como Ministério Público, deve estar ciente que o percurso até a aprovação reclama muita renúncia. Abdica-se da companhia de familiares e amigos, do descanso, fins de semana e, de certo modo, do convívio social. Os únicos horários que possuía livres eram aos sábados e domingos a noite.

No dia da prova, foco e concentração

Naturalmente, dia de prova causa nervosismo no candidato, o que é próprio do momento. O candidato é tomado por um pouco de ansiedade e uma dose de preocupação. Nada, todavia, que seja capaz de lhe tirar o foco ou concentração. Quando da realização dos exames escritos e orais esses sentimentos foram minimizados; procurei dar o meu melhor e demonstrar o conteúdo que havia estudado ao longo dos anos. Graças a Deus, deu certo. Consegui a aprovação.

A grande notícia

Estava no meu trabalho quando tomei conhecimento de que havia sido aprovado. Fiquei muito contente. Logo compartilhei a notícia com familiares e amigos. Minha esposa, companheira de estudos e incentivadora, alegrou-se sobremaneira. Meus pais, como de regra, ficaram ainda mais felizes que eu. Minha mãe, ao telefone, chorava. Meu pai era só orgulho. É bom poder alegrar os familiares com uma notícia dessa natureza, ainda mais quando acompanharam de perto toda a caminhada.

Planos para o futuro

Pretendo desempenhar com a máxima presteza a função que me cabe como membro do Ministério Público do Estado de Rondônia, isto é, a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis. A defesa da sociedade, portanto. Pretendo, ainda, dar continuidade aos estudos. Aquele que lida com o Direito deve, por essência, manter-se estudando, permanentemente.


Dicas aos que pretendem ingressar na carreira

Aqueles que almejam ingressar no serviço público devem refletir seriamente sobre sua pretensão. Devem estar cientes que terão de fazer muitas renúncias até que alcancem o cargo sonhado. A batalha dos estudos é árdua e, por vezes, ingrata. Mas somente vencerá aquele que permanecer lutando.

Entretanto, aqueles que objetivam ingressar no serviço público devem ter em mente, principalmente, que trabalharão para servir à sociedade e perseguir seus interesses. Não devem olvidar que vivemos em uma república (do latim res publica, "coisa pública") e que todos aqueles que agem em nome do estado devem perseguir os interesses da coletividade. Não labora para si, mas para o outro e a ele deve prestar contas.

Mais Sobre Educação

IFRO publica edital para abertura do Concurso Público para preenchimento de 41 vagas na instituição

IFRO publica edital para abertura do Concurso Público para preenchimento de 41 vagas na instituição

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) divulgou nesta quarta-feira, 24/11/2021, na Seção 3 do Diário Oficial da Un

Hildon Chaves anuncia bonificação de fim de ano aos professores durante Congresso Municipal de Educação

Hildon Chaves anuncia bonificação de fim de ano aos professores durante Congresso Municipal de Educação

O V Congresso Municipal de Educação iniciou, nesta quarta-feira (24), em Porto Velho. O evento reúne mais de 5 mil professores e diretores escolares p

Pais e responsáveis sem acesso à internet podem participar da chamada escolar de forma presencial em Porto Velho

Pais e responsáveis sem acesso à internet podem participar da chamada escolar de forma presencial em Porto Velho

Pais e responsáveis sem acesso à internet, ou com dificuldades de manuseio de aparelho eletrônico, podem buscar, até a próxima sexta-feira (26), um do

Vencedores do prêmio Boas Práticas são anunciados durante Congresso Municipal de Educação em Porto Velho

Vencedores do prêmio Boas Práticas são anunciados durante Congresso Municipal de Educação em Porto Velho

Os dez vencedores da 3ª edição do prêmio Boas Práticas foram reconhecidos nesta quarta-feira (24). A premiação aconteceu durante a solenidade de abe