Porto Velho (RO) segunda-feira, 6 de dezembro de 2021
×
Gente de Opinião

Educação

Docente da São Lucas escreve livro sobre serpentes


O professor Saymon de Albuquerque, Mestre em Ecologia e Manejo de Recursos Naturais pela Universidade Federal do Acre e docente do curso de Ciências Biológicas da FaculdadeDocente da São Lucas escreve livro sobre serpentes - Gente de Opinião São Lucas (Porto Velho-RO), em parceria com mais dois professores da Universidade Federal do Acre, escreveu o livro “Serpentes Peçonhentas e acidentes ofídicos em Rondônia”. O livro conta com 126 páginas e mais de 125 fotos coloridas, de todas as espécies de serpentes peçonhentas que existem no estado, explicando ainda seus nomes populares e contendo várias informações sobre cada espécie. A outra parte do livro trata sobre os acidentes com serpentes no estado, incluindo prevenção, recomendações sobre primeiros socorros e tratamento, além de elucidar e desmistificar vários mitos, lendas e crendices que envolvem cobras.

As principais espécies de serpentes não peçonhentas do estado também são tratadas no livro porque, segundo o professor Saymon de Albuquerque, grande parte dos animais que ‘invadem’ as cidades são espécies não peçonhentas que, sentindo-se ameaçadas, podem acabar mordendo. “Daí a importância do reconhecimento destas espécies”, destaca. Ainda segundo o autor, o livro possui uma linguagem técnica, porém bem direcionada ao público geral, sendo ainda leitura e material de consulta essencial para profissionais e alunos da saúde, ciências biológicas, veterinários, engenheiros florestais, ambientais e militares.

No Brasil são aproximadamente 28 mil casos de acidentes ofídicos por ano e uma grande incidência destes casos ocorre na Amazônia, onde está concentrada a segunda maior taxa de letalidade (0,45%) do país. “Na Amazônia muitas vezes as vítimas estão distantes do atendimento médico nos hospitais e existe certa dificuldade no reconhecimento da espécie de serpente causadora por parte dos profissionais da saúde, fatores estes que, associados às crendices populares, podem agravar o quadro da vítima e contribuírem para o surgimento de complicações e seqüelas”, complementa Albuquerque.

Fonte: Chagas Pereira
 

Mais Sobre Educação

Prorrogadas as inscrições de seleção do IFRO para o primeiro semestre de 2022

Prorrogadas as inscrições de seleção do IFRO para o primeiro semestre de 2022

Foi prorrogada até o dia 20/12/2021 a seleção de alunos que ingressarão no primeiro semestre de 2022 no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tec

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

SENAI Rondônia prorroga inscrições para cursos gratuitos

Aqueles que almejam oportunidade de fazer um curso gratuito para se qualificar profissionalmente, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de R

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

30 novos parquinhos em escolas de Vilhena: compra acontece com emenda de Luizinho Goebel

Uma completa renovação dos parquinhos das escolas municipais foi providenciada neste ano para acontecer em breve. A Secretaria Municipal de Educação

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Alunos da rede municipal em Porto Velho são atendidos pelo Programa Saúde

Buscando garantir o desempenho dos estudantes dentro da sala de aula, a Prefeitura de Porto Velho desenvolve um programa para a reparação da visão a a