Porto Velho (RO) domingo, 17 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Educação

Dilma: Sisu é fundamental para ampliar e democratizar acesso à educação superior


Paula Laboissière
Agência Brasil

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (14) que o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) tem sido fundamental para ampliar e democratizar o acesso de jovens à educação superior. No programa semanal Café com a Presidenta, ela lembrou que a Lei de Cotas já vai valer para a seleção deste ano. A primeira chamada do Sisu já pode ser consultada.

Segundo Dilma, neste primeiro semestre, o Sisu oferece mais de 129 mil vagas em 3.752 cursos de 101 universidades públicas e institutos federais de educação. Com as cotas, 43 universidades e 40 institutos federais reservaram pelo menos 12,5% das vagas para estudantes de escolas públicas, alunos de baixa renda, negros e índios.

“A partir do primeiro semestre do curso, vamos pagar uma bolsa de R$ 400 para os alunos cotistas com renda familiar até um salário mínimo e meio por pessoa e jornada igual ou superior a cinco horas diárias. Essa bolsa vai ser renovada de acordo com o desempenho do aluno no curso. Se ele se dedicar e alcançar bons resultados, ele vai receber esse apoio do governo durante todo o curso.”

A presidenta destacou ainda que o Programa Universidade para Todos (ProUni) também contribui para o acesso de estudantes carentes ao ensino superior. Segundo ela, 1,1 milhão de jovens já receberam uma bolsa para estudar em uma universidade particular.

As inscrições para o benefício em 2013 começam na próxima quinta-feira (17). Todos os alunos que fizeram o ensino médio em escola pública e que tenham renda familiar até três salários mínimos por pessoa podem concorrer, desde que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

“Veja você que a nota do Enem vale para o Sisu, para o ProUni e para os vestibulares de muitas universidades públicas. Vale também para o Ciência sem Fronteiras”, disse. “Sabemos que a educação é o principal instrumento para reduzir as desigualdades e construir um país mais justo e mais desenvolvido. É por isso que nós vamos, cada vez mais, garantir que jovens tenham acesso à universidade.”
 

Mais Sobre Educação

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

Aconteceu na última sexta-feira (15) o segundo e último dia de colação de grau da Faculdade FIMCA, realizado na Vila Olímpica do campus. O momento foi

Campus Vilhena do IFRO oferta cursos gratuitos nas áreas  de espanhol, francês e italiano

Campus Vilhena do IFRO oferta cursos gratuitos nas áreas de espanhol, francês e italiano

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Vilhena, abre inscrições para os cursos de Formação Inicial e Conti

Senai oferece cursos gratuitos de  aprendizagem industrial na Capital

Senai oferece cursos gratuitos de aprendizagem industrial na Capital

Inscrições em cursos de aprendizagem industrial básica estão abertas e 70 vagas estão disponíveisEstudantes com idade mínima de 14 anos e cursando a p

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Na última quinta-feira (14) a FIMCA teve a honra de realizar a colação de grau dos formandos dos cursos de Administração Agronomia, Biomedicina, CIênc