Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Educação

CRM alerta contra subemprego ao credenciar novos médicos


O Conselho Regional de Medicina de Rondônia fez, nesta quinta-feira, ao entregar a carteira com o registro do CRM a seis novos médicos, um apelo para que os novos profissionais não se submetam às regras antiéticas do subemprego e que sejam capazes de se valorizarem profissionalmente, não concordando, por exemplo, em tirarem plantão para médicos mais experientes em troca do recebimento de um terço do valor do plantão. CRM alerta contra subemprego ao credenciar novos médicos - Gente de Opinião

A presidente do Cremero, médica Maria do Carmo Wanssa, disse citar só a prática aviltante do pagamento de plantões, mas há, também, casos de contratações por baixos salários por dirigentes de associações filantrópicas e até de fundações vinculadas a grupos políticos.

No ato desta quinta-feira, mais seis médicos recém-reformados receberam, na sede do Conselho Regional de Medicina, em Porto Velho, as credenciais médicas com as quais poderão o exercer a profissão em Rondônia.

Durante o ato, a presidente do Cremero, médica Maria do Carmo Wannsa, explicou ser a autarquia uma entidade aberta ao diálogo com todas as outras instituições públicas e privada, e que na defesa dos direitos da classe exerce papel de fiscalizadora e moderadora no contexto da execução das políticas estadual e municipais da medicina.

Ao Conselho de Medicina, segundo ainda, Maria do Carmo, não compete o papel de ingerir na execução dessas políticas, mas cumpre o papel de colaborar a partir da identificação de problemas mediante a formulação de propostas para aperfeiçoar o sistema.
 

Relação Médico-paciente

Ela ressaltou como fator indispensável para o sucesso profissional, o cuidado com a boa relação entre o médico e o paciente, pois é o médico, em último caso, é o receptáculo de toda insatisfação e desespero do doente. “Na maioria das vezes a culpa pela insatisfação do paciente é do sistema e não do médico, mas somos obrigados a ouvir a queixa do paciente”, frisou a dirigente.

O conselheiro do Conselho Federal de Medicina, médico José Hiran da Silva Gallo, defendeu a especialização dos recém-formados como garantia de ingresso no mercado de trabalho e explicou que em várias regiões do país ainda é muito comum a prática da chamada “escravidão médica” de pagar baixos salários e se aproveitar da falta de maior experiência para usar os serviços do profissional recém-formado para “tirar” plantão mal remunerado para àqueles médicos com três ou quatro empregos públicos.

Bruno de Almeida Pedersoli, 24 anos, formou-se em medicina na Universidade Federal de Minas Gerais e depois de ingressar no Exército como aspirante médico foi designado para servir na região de Guajará-Mirim. Já sabe que vai ser destacado pelo Batalhão de Infantaria para atuar em Costa Marques, onde, segundo ele, pretende retribuir um pouco do que o país gastou com sua formação numa faculdade pública, atendendo as pessoas numa região de grande carência médica como a Amazônia.

Participaram ainda do ato de entrega das credenciais aos novos médicos o vice-presidente do Cremero, médico Almerindo Brasil de Souza; a tesoureira, médica Simi Mirian Bennesby Marques, e os cinco outros novos médicos, dentre os quais a vereadora Mariana Carvalho.

Fonte: Carlos Araújo / Cremero

Mais Sobre Educação

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

Aconteceu na última sexta-feira (15) o segundo e último dia de colação de grau da Faculdade FIMCA, realizado na Vila Olímpica do campus. O momento foi

Campus Vilhena do IFRO oferta cursos gratuitos nas áreas  de espanhol, francês e italiano

Campus Vilhena do IFRO oferta cursos gratuitos nas áreas de espanhol, francês e italiano

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Vilhena, abre inscrições para os cursos de Formação Inicial e Conti

Senai oferece cursos gratuitos de  aprendizagem industrial na Capital

Senai oferece cursos gratuitos de aprendizagem industrial na Capital

Inscrições em cursos de aprendizagem industrial básica estão abertas e 70 vagas estão disponíveisEstudantes com idade mínima de 14 anos e cursando a p

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Na última quinta-feira (14) a FIMCA teve a honra de realizar a colação de grau dos formandos dos cursos de Administração Agronomia, Biomedicina, CIênc