Porto Velho (RO) domingo, 23 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Educação

COMANDO DE GREVE DA UNIR EXIGE POSICIONAMENTO URGENTE DO MEC


O comando de greve dos docentes recebeu na tarde de ontem, 26 de setembro de 2011, convite da reitoria da UNIR para uma reunião no dia 28/9 - quarta-feira. Em resposta, os docentes se manifestam informando, através do comando de greve, que não poderão se fazer presentes à reunião, tendo em vista a deliberação ocorrida na assembleia do dia 20/9 - segundo a qual somente irão tratar dos assuntos da UNIR com a SESu/MEC, visto que a reitoria publicou, no site da UNIR, informações de que já teria atendido a 95% das reivindicações, o que, para o movimento grevista, é uma falácia.

Segundo o professor José Rosa, membro do comando de greve, “as reivindicações dos docentes não dizem mais respeito somente às condições de trabalho e infraestrutura da UNIR, mas sim à lisura e transparência do trato com a coisa pública”. E acrescenta: “não justifica reunir com o reitor, porque o que queremos é a apuração das denúncias de irregularidades praticadas por essa reitoria. Outro fator é que na greve de 2008 o reitor assinou um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com a ADUNIR e com os docentes e estudantes, mas nunca cumpriu. Dessa forma, não acreditamos mais nele ”, finaliza o professor Rosa.

Ato público é transferido

Em virtude da assembleia dos docentes, marcada pela diretoria da ADUNIR, para as 15h, do dia 29 no campus José Ribeiro Filho em Porto Velho, o ato público, previsto para o dia 29/9 às 16h no prédio da reitoria (Unir-Centro), foi transferido para o dia 30/9, às 17h.

Para a professora Carla Martins, do comando de greve, o ato público representa uma manifestação não só de professores e alunos, mas uma possibilidade da sociedade civil se manifestar na defesa da UNIR, única universidade pública no estado de Rondônia, e acrescenta dizendo que “esse ato público expressa uma vontade de uma UNIR livre e digna” COMANDO DE GREVE DA UNIR EXIGE POSICIONAMENTO URGENTE DO MEC

Comando de greve só conversa com o MEC

O comando de greve dos docentes recebeu na tarde de ontem, 26, convite da reitoria da UNIR para uma reunião no dia 28/9 - quarta-feira. Em resposta, os docentes se manifestam informando, através do comando de greve, de que não poderão se fazer presentes à reunião tendo em vista a deliberação ocorrida na assembleia do dia 20/9 segundo a qual somente irão tratar dos assuntos da UNIR com a SESu/MEC, visto que a reitoria publicou, no site da UNIR, informações de que já teria atendido a 95% das reivindicações que para o movimento grevista trata-se de uma falácia.

Segundo o professor José Rosa, membro do comando de greve, “as reivindicações dos docentes não dizem mais respeito somente às condições de trabalho e infraestrutura da UNIR, mas sim pela lisura e pela transparência do trato com a coisa pública”. E acrescenta “não justifica reunir com o reitor porque o que queremos é a apuração das denúncias de irregularidade praticadas por essa reitoria. Outro fator é que na greve de 2008 o reitor assinou um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com a ADUNIR e com os docentes e estudantes, mas nunca cumpriu, dessa forma não acreditamos mais nele ”, finaliza o professor Rosa.

Ato público é transferido

Em virtude da assembleia dos docentes, marcada pela diretoria da ADUNIR, para as 15h, do dia 29 no campus José Ribeiro Filho em Porto Velho, o ato público, previsto para o dia 29/9 às 16h no prédio da reitoria (Unir-Centro), foi transferido para o dia 30/9, às 17h.

Para a professora Carla Martins, do comando de greve, o ato público representa uma manifestação não só de professores e alunos, mas uma possibilidade da sociedade civil se manifestar na defesa da UNIR, única universidade pública no estado de Rondônia, e acrescenta dizendo “esse ato público expressa uma vontade de uma UNIR livre e digna” desabafa Carla Martins.

Fonte: Adilson Siqueira

 

Mais Sobre Educação

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

De uns tempos para cá, a ciência comprova que as árvores e o homem têm muito mais em comum do que poderíamos imaginar. Da mesma forma que o ser humano

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

O movimento Rondônia pela Educação, liderado pela Federação das Indústrias de Rondônia e composto por mais de cem entidades e instituições rondoniense

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

A Secretaria de Estado da Educação de Rondônia (RO) começou os preparativos para realização do projeto “Aulão na Rede” que acontecerá os dias 30 e 31