Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Educação

Bolsa Atleta cresceu mais de 30%, diz presidenta


Paula Laboissière
Agência Brasil

Brasília – Ao comentar os dados divulgados na semana passada sobre o programa Bolsa Atleta, a presidenta Dilma Rousseff disse hoje (19) que o total de 4.243 esportistas a serem beneficiados este ano representa um aumento de mais de 30% em relação a 2011.

“É um estímulo ao desenvolvimento do esporte brasileiro, um investimento no Brasil, no time do Brasil”, avaliou, no programa semanal Café com a Presidenta. Ao todo, atletas de 53 modalidade olímpicas e paraolímpicas vão receber o auxílio.

Dilma lembrou que, a partir de 2012, o programa passa a apoiar também esportistas brasileiros que já contam com algum tipo de patrocínio. Até o ano passado, quem tinha patrocínio individual não preenchia os requisitos para ser beneficiado pelo Bolsa Atleta.

“Vimos que era preciso mudar a lei para ampliar esse apoio. Porque o patrocínio que eles têm, muitas vezes, é temporário, voltado só para um campeonato ou por um período curto de tempo. Isso gera insegurança para o atleta poder planejar o seu treinamento, sua participação em competições e se dedicar integralmente ao esporte”, explicou.

O valor mensal do benefício pode variar de R$ 370 – no caso de atletas das categorias de base ou estudantil – a R$ 3.100 – quantia paga a esportistas olímpicos e paraolímpicos. A previsão do governo é que sejam investidos, este ano, R$ 60 milhões no programa.

A seleção de candidatos, de acordo com a presidenta, depende exclusivamente do mérito do atleta, já que são selecionados os três primeiros colocados nas competições oficiais do ano anterior e os esportistas que participaram dos últimos jogos olímpicos ou paraolímpicos. O atleta recebe o dinheiro na própria conta, sem intermediários.

Até o momento, das 161 vagas brasileiras garantidas para os Jogos Olímpicos de Londres, 30 são de bolsistas.

“Os investimentos que estamos fazendo no Bolsa Atleta, na popularização do esporte e na construção de uma estrutura de qualidade para receber a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 são passos importantes para transformar o Brasil em uma potência também no esporte”, concluiu Dilma.
 

Mais Sobre Educação

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

Aconteceu na última sexta-feira (15) o segundo e último dia de colação de grau da Faculdade FIMCA, realizado na Vila Olímpica do campus. O momento foi

Campus Vilhena do IFRO oferta cursos gratuitos nas áreas  de espanhol, francês e italiano

Campus Vilhena do IFRO oferta cursos gratuitos nas áreas de espanhol, francês e italiano

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Vilhena, abre inscrições para os cursos de Formação Inicial e Conti

Senai oferece cursos gratuitos de  aprendizagem industrial na Capital

Senai oferece cursos gratuitos de aprendizagem industrial na Capital

Inscrições em cursos de aprendizagem industrial básica estão abertas e 70 vagas estão disponíveisEstudantes com idade mínima de 14 anos e cursando a p

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Na última quinta-feira (14) a FIMCA teve a honra de realizar a colação de grau dos formandos dos cursos de Administração Agronomia, Biomedicina, CIênc