Porto Velho (RO) quarta-feira, 19 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Educação

Bibliotecas municipais são opções nas férias


Mês de janeiro e a maioria dos estudantes estão de férias, no entanto quem vai até a biblioteca municipal Francisco Meireles, encontra centenas de pessoas estudando, lendo um livro, se atualizando com as notícias da cidade e principalmente estudando para concursos. SegundoBibliotecas municipais são opções nas férias - Gente de Opinião Mara Lúcia Duarte, diretora da biblioteca, a frequência não caiu com o recesso escolar. “Estamos funcionando em horário normal. Somos referência, desde 1975, temos muitos leitores assíduos, uma média de 200 pessoas por dia”, comenta.

O atendimento é das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira. A biblioteca conta com um salão climatizado, sala de periódicos com revistas de circulação nacional, grande arquivo de jornais de Porto Velho. Além de possuir um auditório, sala de literatura infantil e juvenil, um dos espaços mais procurados e de processamento técnico, onde são catalogados todos os livros para serem disponibilizados para consulta. Leitor assíduo, Marcos Rodrigues da Silva, 15, estuda no centro da cidade e lê um livro de J.K. Rowling. “Sempre quando posso venho para a biblioteca ler um pouquinho”, afirma. Francis Viana, 23, estuda para o concurso do Ministério Público Estadual. “Já venho me preparando durante um ano e frequento muito várias bibliotecas”, disse. Silvio Francisco do Vale, 53, faz mestrado em treinamento esportivo. “Venho pelo menos uma vez por semana e acho bem melhor que estudar em casa, pois lá sempre tenho algo para fazer”, comenta.

Doação

Mara Lúcia fala que no local existe um grande acervo de mais de 50 mil exemplares. São livros de literatura, didáticos e técnicos. E em 15 dias receberá novos livros didáticos, de Direito, Filosofia, História e Geografia, adquiridos pela Prefeitura. “Estamos esperando só o tombamento no almoxarifado. Já estão todos comprados e agora enviaremos uma nova relação de livros para serem comprados”, disse Mara.

Empréstimos

Para fazer empréstimo, basta apresentar documento de identidade, Cadastro de Pessoal Física (CPF) e comprovante de endereço, não precisa xerox. Cada exemplar pode ficar com o leitor por 10 dias e prorrogado por mais 10, basta o usuário ligar no 3901 3030. “Mandamos duzentas cartinhas aos leitores que não devolveram os livros emprestados, pedindo que se lembrem de devolver. Muita gente ainda não tem a consciência de que outras pessoas precisam do livro e acabam não renovando o empréstimo, e nem devolvendo. Só depois que fazemos a cobrança é que os livros voltam para nossas estantes", enfatizou.

Reforma

Segundo a diretora, neste ano o espaço passará por uma reforma no valor de 500 mil reais. “Temos algumas necessidades, como o auditório que tem que mudar o carpete, ver questão do ar condicionado e também novas poltronas, além de outras reformas em outros espaços”, explicou Mara.

Viveiro

A biblioteca municipal localizada na Avenida Jatuarana, zona Sul, tem um nome, no mínimo, peculiar: ‘Viveiro das Letras’, uma alusão ao brotar da semente do saber e o cultivar da leitura e escrita para que em um futuro, os seus frequentadores possam produzir bons frutos. O nome "Viveiro das Letras" veio da sugestão do aluno Adriano Teixeira Ferreira, 15 anos, da escola Joaquim Vicente Rondon, que venceu o concurso realizado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed). Com apenas um ano e meio de funcionando, está provado que o local, entregue pela Prefeitura de Porto Velho à população da capital, é mais uma das melhorias na área da educação e cultura realizada na administração do prefeito Roberto Sobrinho.

Antônio Rocha de Albuquerque, diretor da biblioteca, fala que o horário de funcionamento é das 8 às 22 horas e que por ser nova, ainda possui um acervo muito grande. São cerca de cinco mil livros. “Por enquanto fazemos o empréstimo apenas de romances e literaturas. Ainda não temos condições de emprestar os livros científicos, pois temos poucos disponíveis”, conta. Ele fala que esta realidade vai mudar com a aquisição de novos livros doados pela Prefeitura. “Fizemos uma aquisição no ano passado, e agora estaremos recebendo novos. Muitas pessoas também fazem doações”, conta.

On line

As pesquisas são complementadas com computadores e internet, disponíveis a quem frequenta o local. Será implantada também uma ‘Biblioteca On line’, que dará a relação dos livros disponíveis para consulta, bastando o usuário buscar no site que em breve será disponibilizado. “Além disso, estamos verificando a possibilidade de disponibilizar aos que participam de nossas atividades a internet ‘Portovelho on line’. Que funcionará em toda a dependência do Viveiro, inclusive no auditório”, acrescenta Antônio.

Ele convida toda a população da área Sul e também de outras regiões da cidade a buscar conhecimento, e participar das atividades promovidas no local. “A biblioteca ainda não foi totalmente descoberta por parte da população. Acredito que estamos tendo uma frequência de 90 por cento. Nosso público é na maioria da zona Sul, mais temos muitos da área Leste da cidade”, conta.

Novas construções

Com o crescimento da população na zona Leste da capital, é necessário ainda mais investimentos. Visando garantir mais qualidade de vida para a população, a prefeitura está construindo também uma biblioteca nesta região, para que os estudantes não precisem mais se deslocar para o centro da cidade para realizar suas pesquisas.

Ela está localizada na Avenida Mamoré sub esquina com Amazonas, no mesmo terreno da escola de música Som na Leste. A previsão de inauguração é para ainda nesse primeiro semestre. O investimento é no valor cerca de 480 mil, um convênio com o ‘Calha Norte’, programa do Ministério da Defesa.

Fonte: Rebeca Barca

Mais Sobre Educação

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

De uns tempos para cá, a ciência comprova que as árvores e o homem têm muito mais em comum do que poderíamos imaginar. Da mesma forma que o ser humano

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

O movimento Rondônia pela Educação, liderado pela Federação das Indústrias de Rondônia e composto por mais de cem entidades e instituições rondoniense

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

A Secretaria de Estado da Educação de Rondônia (RO) começou os preparativos para realização do projeto “Aulão na Rede” que acontecerá os dias 30 e 31