Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Educação

Bancada Federal reafirma apoio à nova reitora na UNIR



O senador Ivo Cassol esteve presente à reunião da bancada federal com o ministro da Educação, Aloísio Mercadante e a nova reitora da UNIR, a professora Maria Berenice Tourinho, na tarde desta quarta-feira na Câmara dos Deputados, em Brasília.Bancada Federal reafirma apoio à nova reitora na UNIR - Gente de Opinião

Cassol e os deputados presentes fizeram um relato da lamentável situação em que se encontram os diversos campi da Universidade Federal de Rondônia, não só na capital como também no interior. O senador foi enfático ao cobrar do ministro, e depois apoiado pela nova reitora, para que não transforme novamente a UNIR em cabide político para beneficiar candidatos e candidatas a qualquer tipo de cargo, especialmente neste ano eleitoral, onde buscam espaço para aparecer perante os eleitores, mas que nada fizeram pela população. “Chega de aparelhamento político, a UNIR é uma instituição renomada e merece ser tratada com respeito pelos governantes e seus administradores. A nova reitora terá todo meu apoio para que a nossa universidade se transforme num modelo de ensino e não num cabide em empregos e local de maracutaias”, disse Cassol.

A própria professora Maria Berenice solicitou ao ministro Mercadante que apoie a universidade e não faça da UNIR um aparelhamento político. Ela foi informada pelo próprio ministro, durante a reunião, que o decreto da nomeação havia sido assinado pela presidente e será publicado no Diário Oficial desta quinta, dia 19.

 

Cassol participa de entrevista
ao vivo na ALL TV Amazônia

Entrevistado ao vivo no final da tarde desta quarta-feira pelo jornalista Gerson Costa na ALL TV Amazônia, a Tv do site jornalístico rondoniagora.com, o senador Ivo Cassol reafirmou sua opinião em relação à transposição: o Governo Federal não tem a menor intenção de transpor os servidores e vai continuar enrolando enquanto puder o povo do estado de Rondônia.

E foi além: Cassol confirmou que o que vai emperrar agora é a questão dos aposentados, e explicou porque. Durante a legislatura passada, o projeto da transposição foi alterado para beneficiar os servidores que já haviam se aposentado pelo Governo do Estado. Este parágrafo foi vetado pelo presidente Lula e deixou claro que a União não quer assumir este ônus. Para tanto vai dificultar o quanto puder, e o próximo problema a ser levantado será a questão dos repasses do Iperon.

Cassol explicou que de 2003 à 2010, enquanto ele foi governador, os repasses foram feitos em dia, mas de 2003 para trás existe um rombo de cerca de R$ 3 bilhões de reais, praticamente metade do orçamento do estado de um ano, e o Governo Federal não vai assumir, pois é fruto da irresponsabilidade de governos anteriores. Como a União não vai assumir este custo, toda a transposição poderá ficar comprometida, mesmo para os que foram admitidos até 1987, a menos que o Governo Federal mude de idéia e assuma uma dívida que não é dele.

“É preciso ficar claro para os servidores e para o povo de Rondônia que se o Governo Federal quisesse já teria feito a transposição. Eu quando fui governador tentei de todas as formas, dei todo apoio e continuo pressionando aqui em Brasília. E agora que estamos em ano eleitoral é que não vai faltar político e nem candidata querendo enganar os servidores mais uma vez com a conversa mole que a transposição vai acontecer, é só esperar prá ver”, afirmou Cassol ao fim da entrevista.


Fonte: Marco Antônio

Mais Sobre Educação

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

Aconteceu na última sexta-feira (15) o segundo e último dia de colação de grau da Faculdade FIMCA, realizado na Vila Olímpica do campus. O momento foi

Campus Vilhena do IFRO oferta cursos gratuitos nas áreas  de espanhol, francês e italiano

Campus Vilhena do IFRO oferta cursos gratuitos nas áreas de espanhol, francês e italiano

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Vilhena, abre inscrições para os cursos de Formação Inicial e Conti

Senai oferece cursos gratuitos de  aprendizagem industrial na Capital

Senai oferece cursos gratuitos de aprendizagem industrial na Capital

Inscrições em cursos de aprendizagem industrial básica estão abertas e 70 vagas estão disponíveisEstudantes com idade mínima de 14 anos e cursando a p

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Na última quinta-feira (14) a FIMCA teve a honra de realizar a colação de grau dos formandos dos cursos de Administração Agronomia, Biomedicina, CIênc