Porto Velho (RO) sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Educação

Atraso na consolidação dos campi do IFRO é tema de audiência com Mercadante


Na audiência com o ministro Aloízio Mercadante (Educação) ontem (18), o deputado federal Padre Ton (PT-RO) entregou documento em que relaciona problemas que estão atrasando a consolidação da infraestrutura dos sete campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO).

Um dos principais problemas, segundo o deputado, é a obra de construção do campus da avenida Calama, de Porto Velho, iniciada em 2009 e não concluída ainda. “A obra está muito lenta, e precisamos de uma posição do MEC para saber o que está ocorrendo”, diz Padre Ton. Sua execução continua vinculada ao Instituto Federal do Amazonas (IFAM), o que provoca ainda mais atraso na opinião do deputado.

Em cada um dos campi existem problemas específicos, mas em Porto Velho concentram-se as maiores queixas da comunidade. No outro prédio do IFRO, problemas estruturais foram encontrados no bloco II; há excesso de diárias e passagens para a reitoria; o quadro de pessoal comete muitas falhas no atendimento e nos atos administrativos, o que tem acarretado ações na justiça; existe falta de espaço físico para a prática de educação física e os cursos foram oferecidos sem a infraestrutura adequada para funcionamento.

Em Ji-Paraná, a quadra é uma obra inacabada. “Os alunos estão sujeitos a acidentes, havendo inclusive um vídeo que circula na Internet com os estudantes protestando devido a má condição do campus”, diz texto do documento entregue ao ministro.

O próprio espaço da reitoria é inadequado, dentro de uma faculdade particular, onde já ocorreu acidente com funcionário. “O funcionário ficou três meses afastados da instituição. Existem fios e cabos soltos pelo chão”.

O deputado deverá ter contato com o novo secretário de Educação Tecnológica do Ministério da Educação, Marco Antônio de Oliveira.

Fonte: Mara Paraguassu

Mais Sobre Educação

6ª Olimpíada de Língua Portuguesa é lançada e recebe inscrições

6ª Olimpíada de Língua Portuguesa é lançada e recebe inscrições

Uma cerimônia com homenagens e muita emoção marcou o lançamento na última quarta-feira (20) da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa, no Auditório Guajuvi

Acadêmicos do curso de Biomedicina realizam triagens no projeto "Posso escolher"

Acadêmicos do curso de Biomedicina realizam triagens no projeto "Posso escolher"

Nesta quarta-feira (21), acadêmicos do curso de Biomedicina da FIMCA participaram do projeto "Posso escolher", realizado pela Prefeitura de Porto Velh

ONU declara, 2019 será  o Ano Internacional das Línguas Indígenas

ONU declara, 2019 será o Ano Internacional das Línguas Indígenas

Iniciativas apoiadas pela Fundação Banco do Brasil reforçam a relevância dos povos na história, cultura e preservação do meio ambienteA ONU (Organizaç

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

Aconteceu na última sexta-feira (15) o segundo e último dia de colação de grau da Faculdade FIMCA, realizado na Vila Olímpica do campus. O momento foi