Porto Velho (RO) quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Educação

Alunos de PVH em 1ºs lugares em concurso da CAERD


Os alunos dos cursos técnicos do Instituto Federal de Rondônia, Câmpus Porto Velho, vêm se destacando no mercado de trabalho, na conquista de vagas de empresas públicas e de instituições privadas. Prova disso é o último concurso realizado pela CAERD (Companhia de Águas e Esgoto de Rondônia), em que os Técnicos em Edificações Jefferson Willian Batista (foto), Rafael Alberto Rodrigues e Charles Henrique Soares Andrade foram aprovados em 1º, 3º e 6º lugares, respectivamente. Enquanto isso, o aluno do terceiro ano do Técnico Integrado ao Ensino Médio, Felipe Kelvin Lopes Vital, ocupa a segunda colocação no mesmo concurso.

Formado no final de 2012, Jefferson Batista explica que ter estudado no Instituto foi de suma importância na sua aprovação no concurso, na formação do seu caráter como um bom profissional e, também, o influenciou na escolha do curso de graduação de Engenharia Civil na UNIR. “No decorrer do curso pude adquirir um vasto conhecimento técnico com a orientação dos excelentes professores de que dispõe o IFRO, a comprovação disso foi que consegui gabaritar as questões de conhecimentos específicos inerentes a edificações, além de ir muito bem em outras matérias, como português e direito constitucional, que também são conteúdos ofertados pelo curso técnico”, explica ele.

De acordo com Márcio Guerra, gerente-executivo da Unidade de Estudos e Prospectiva da CNI (Confederação Nacional da Indústria), em entrevista ao site G1, existem carreiras em que a educação técnica é a porta de entrada para o mercado de trabalho: “Em algumas áreas existe a demanda, mas as empresas não encontram profissionais qualificados. Por exemplo, no segmento da construção civil, edificações ou estrutural, os jovens não têm interesse porque imaginam que o trabalho é braçal e muito duro. No entanto, muitos técnicos atuam na supervisão de equipes”.

O ex-aluno Jefferson completa dizendo que “muitas pessoas esnobam os cursos técnicos, pois pensam que a qualificação é inferior quando comparada a um curso de graduação, entretanto, esse pensamento é errôneo. O IFRO é a comprovação disso. Possui um corpo docente excelente, técnicos capacitados e vários laboratórios novos. É claro que um curso superior tem mais prestígio, porém, o conhecimento que se pode adquirir numa instituição que em tão pouco tempo tornou-se respeitada e que, a cada dia, torna-se mais competente, formando ótimos profissionais, destacando-se pela eficiência, é inestimável”.

Fonte: Rosália Silva

Mais Sobre Educação

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

“Nossas experiências irão nos alavancar por este novo mundo”, afirma formanda durante segunda noite de colação de grau da FIMCA

Aconteceu na última sexta-feira (15) o segundo e último dia de colação de grau da Faculdade FIMCA, realizado na Vila Olímpica do campus. O momento foi

Campus Vilhena do IFRO oferta cursos gratuitos nas áreas  de espanhol, francês e italiano

Campus Vilhena do IFRO oferta cursos gratuitos nas áreas de espanhol, francês e italiano

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Vilhena, abre inscrições para os cursos de Formação Inicial e Conti

Senai oferece cursos gratuitos de  aprendizagem industrial na Capital

Senai oferece cursos gratuitos de aprendizagem industrial na Capital

Inscrições em cursos de aprendizagem industrial básica estão abertas e 70 vagas estão disponíveisEstudantes com idade mínima de 14 anos e cursando a p

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Primeira noite de colação de grau da FIMCA é marcada por agradecimentos

Na última quinta-feira (14) a FIMCA teve a honra de realizar a colação de grau dos formandos dos cursos de Administração Agronomia, Biomedicina, CIênc