Porto Velho (RO) segunda-feira, 24 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Educação

Acreditar Junior forma mais de 300 jovens para o mercado de trabalho


Acreditar Junior forma mais de 300 jovens para o mercado de trabalho - Gente de Opinião

A Construtora Norberto Odebrecht e o Senai realizaram no último sábado, dia 27 de agosto, a formatura da terceira turma de jovens aprendizes do programa Acreditar Jr. O programa é destinado a filhos de funcionários do Consórcio Santo Antônio Civil (Csac) e Odebrecht Montagem que tenham entre 14 e 17 anos e que estejam cursando, no mínimo, o 6º ano do ensino fundamental. Receberam os certificados 317 alunos que participaram gratuitamente, durante um ano, dos cursos de Operador de Microcomputador, Assistente de Produção, Eletricista de Instalações de Veículos Automotores e Mecânico de Manutenção de Automóveis.

Ana Caroline Freitas, 17 anos, foi uma das formandas do curso de Operador de Microcomputador. Seu pai trabalha como mecânico hidráulico nas obras de construção da UHE Santo Antônio e sua a mãe é ajudante na mesma construção. A jovem seguiu os passos da irmã mais velha que se formou na primeira turma do Acreditar Junior. “Os professores são ótimos e estão preparados para nos ajudar e a nos ouvir. O programa nos ensina, além de uma profissão, a termos ética. Tenho certeza de que as portas do mercado de trabalho estão abertas para mim”, afirma Ana que quer cursar a faculdade de Jornalismo. A “mãe coruja”, Cleuza Pereira, confessa se sentir orgulhosa. “Minha filha mudou de comportamento porque está mais responsável. Ano que vem, quero inscrever meu caçula no programa”, declarou.

Formanda do curso de Gestão da Produção, Emanuele de Melo, 17, é um exemplo de superação. Deficiente física, ela anda com o auxílio de muleta e recorda que no início do curso, quando os professores perceberam sua dificuldade para subir as escadas que dão acesso às salas de aula, se prontificaram a transferir suas aulas para o andar térreo. Porém, Emanuele não aceitou e preferiu encarar o desafio. “Estou emocionada com a minha formatura. Gostei de tudo, principalmente dos professores”, disse a jovem que quer ser arquiteta. Sua mãe, Marlene de Melo, define o Acreditar Jr. como “a melhor coisa que aconteceu na vida da filha”.

No evento de formatura, ocorrido no Bingool Clube, o diretor de contrato do Consórcio Construtor Santo Antônio (CCSA), Mário Lúcio Pinheiro, fez um agradecimento especial aos pais dos formandos e cobrou deles o acompanhamento do aprendizado dos filhos. Em seu pronunciamento, o gerente de Relações Institucionais do CCSA, Antônio Cardilli, que é o idealizador dos programas Acreditar e Acreditar Junior, chamou os formandos carinhosamente de “meus meninos”. Ele os orientou a lutarem pelos seus sonhos e a seguirem o “caminho do bem”. “Na vida, vocês podem seguir o caminho do bem e o do mal. Este último, é por onde as coisas acontecem mais facilmente e é também o caminho das drogas. O caminho do bem é o mais difícil e cansativo porque é aquele que requer disciplina, tem que acordar cedo e pegar ônibus. Porém, o conhecimento e as riquezas conquistados no caminho do bem irão perdurar por toda a vida”, salientou.

O padre Enzo Mangano e o pastor Alan Delon também abrilhantaram o evento com mensagens que enfocaram a importância da caridade, a gratidão, a determinação e o respeito aos pais. Participaram ainda o diretor regional do Senai, Vivaldo Matos Filho, o auditor fiscal do Ministério do Trabalho, Ênio Carneiro, o vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho, Vulmar Araújo, entre outras autoridades.
 

Acreditar Junior já formou mais de 600 jovens aprendizes

O Acreditar Júnior já formou mais de 660 jovens aprendizes desde que foi criado pela Odebrecht, em parceria com o Senai, em agosto de 2009. Continuam em curso outros 600 jovens.

O programa conta com os módulos Teórico e Prático. O primeiro é realizado em um mês (80h) abrangendo as disciplinas: Adolescência, Saúde, Meio Ambiente, Educação Financeira e Tecnologia Empresarial Odebrecht (TEO). Todas as aulas acontecem no campus da Uniron. O Módulo Prático é realizado em dois semestres (880h). Todas as aulas acontecem no Senai, parceira do programa. Lá, os alunos completam a formação nos cursos de Mecânico de Manutenção de Automóveis, Mecânico de Motores a Diesel, Mecânico de Manutenção de Motocicletas, Eletricista Predial e Industrial e Assistente de Produção.

Participando do Acreditar Jr, os alunos possuem contrato de aprendiz. Eles recebem meio salário mínimo e têm garantidos todos os outros direitos como FGTS, férias remuneradas, 13º salário, vale-transporte e seguro de vida. Ao final do programa, que tem duração de um ano, os alunos estão qualificados e preparados para o mercado de trabalho.

Fonte: Carla Nascentes

 

Mais Sobre Educação

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

Acadêmicos de engenharias da Uniron sensibilizam governador Daniel Pereira com o livro “A vida secreta das árvores”

De uns tempos para cá, a ciência comprova que as árvores e o homem têm muito mais em comum do que poderíamos imaginar. Da mesma forma que o ser humano

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

Movimento Rondônia pela Educação vai apresentar planejamento estratégico a candidatos ao governo de Rondônia

O movimento Rondônia pela Educação, liderado pela Federação das Indústrias de Rondônia e composto por mais de cem entidades e instituições rondoniense

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

ENEM: Aulão na rede acontecerá em outubro

A Secretaria de Estado da Educação de Rondônia (RO) começou os preparativos para realização do projeto “Aulão na Rede” que acontecerá os dias 30 e 31