Porto Velho (RO) terça-feira, 18 de junho de 2019
×
Gente de Opinião

Economia

TRIBUTOS: Funcultural regulariza pendências fiscais de gestões passadas


TRIBUTOS: Funcultural regulariza pendências fiscais de gestões passadas - Gente de Opinião

Essas questões vinham prejudicando a fundação na assinatura de convênios

Regularizadas. É assim que estão as contas da Fundação de Cultura do Município de Porto Velho após a atual administração quitar as pendências financeiras que o órgão tinha referentes aos anos de 2015, 2016 e até mesmo de 2014 – todas relacionadas a administrações anteriores. A fundação também não possuía alvará de funcionamento.

As pendências eram com a Receita Federal, com o INSS, com a Fazenda Municipal e Estadual. As conciliações bancárias também estavam com problemas – havia consignações pagas em duplicidade, quitadas sem empenho ou liquidadas, mas sem ser dado baixa. “O ano mais problemático foi o de 2014”, declarou o presidente da Funcultural, Ocampo Fernandes.

As irregularidades, segundo o gestor do órgão de cultura, vinham impedindo a regularização fiscal da fundação, deixando-a inapta a assinar convênios, receber recursos provenientes de emendas parlamentares, entre outros benefícios.

Essas questões podiam ainda prejudicar a prestação de contas da Prefeitura em 2019, pois a unidades gestoras, de acordo com Ocampo, não podem apresentar nenhuma anormalidade fiscal, do contrário tanto o prefeito quanto à fundação poderiam ser punidas por improbidade administrativa. As contas de 2017 do órgão também foram aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).

 

 

Mais Sobre Economia

Tribunal de Contas de Rondônia e classe empresarial unidos pelo desenvolvimento econômico

Tribunal de Contas de Rondônia e classe empresarial unidos pelo desenvolvimento econômico

Num primeiro momento pode soar díspar a aproximação do Tribunal de Contas de Rondônia (TCE/RO) com a classe empresarial, mas esse contexto é de fácil

Inadimplência segue crescendo em maio:  comércio e bancos são os mais atingidos

Inadimplência segue crescendo em maio: comércio e bancos são os mais atingidos

Nos segmentos de comércio e serviços a inadimplência seguiu crescendo nos primeiros cinco meses de 2019, comparativamente ao mesmo período de 2018.

Professor universitário decidiu investir em sonho de se tornar produtor de licor em Ji-Paraná

Professor universitário decidiu investir em sonho de se tornar produtor de licor em Ji-Paraná

Um professor universitário que decidiu investir no sonho de ser um empreendedor, essa é a história de José Carlos, um senhor que sempre teve paixão po

Desenvolvimento de competências para agentes profissionais

Desenvolvimento de competências para agentes profissionais

Se você já ouviu falar em POA, com certeza também vai querer saber sobre o PEA, ou ainda sobre o PPA. Claro que sempre haverá o que aprender sobre