Porto Velho (RO) terça-feira, 7 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Economia

Startups de Rondônia presentes no Circuito de Investimento em São Paulo


Startups de Rondônia presentes no Circuito de Investimento em São Paulo - Gente de Opinião

Em suas várias etapas, o Projeto Capital Empreendedor está programado para preparar empreendedores de pequenos negócios inovadores para o processo de negociação com investidores. Com os workshops, os participantes são assistidos por mentorias que os habilitarão a entender a lógica e os processos do mercado de investimentos de risco.

Os mentores orientam como receber investidores para negociar, de acordo com Samuel Almeida, diretor técnico do Sebrae em Rondônia, “Esse processo aprimorou a seleção e somente as empresas aptas puderam participar do circuito de investimento que aconteceu no mês de outubro em São Paulo”.

Nessa, que foi a terceira etapa do projeto com a realização do “Workshop de Empreendedores”, os empresários classificados para o projeto conheceram os principais mecanismos de funcionamento e critérios de decisão de um investidor de risco como; aceleradora, plataforma de crowdfunding (que é uma alternativa de produção e consumo mais colaborativa), investimento, investidor anjo, fundo de investimento entre outros. Durante o encerramento do Circuito de Investimento que reuniu 30 startups em São Paulo, investidores e empresários debateram o papel do Sebrae no apoio a novos negócios no Brasil. O Circuito é a última etapa do Programa Capital Empreendedor entre os dias 30 e 31 de outubro quando estiveram presentes mais de 80 investidores.

Com a expectativa em transmitir um conhecimento mais aprimorado sobre o cenário das startups e investimentos no Brasil, Benício Filho, fundador da Atlantic Hub investidora com sede em Lisboa, mostrou o grande avanço de novos empreendimentos nos últimos anos. A Atlantic tem escritório em São Paulo, opera em Portugal porque é um país com baixo custo de vida quando comparado com Alemanha e França, além de oferecer alta qualidade de vida. O país é reconhecido como o lugar das startups na Europa, tem um governo que desenvolve programas de fomento à competitividade da economia e atrai investimentos. Benício apresentou um cenário que tem mais de 12 mil startups operando no Brasil e São Paulo é o estado que comporta o maior número delas. Com essa demonstração apontou que os investidores passem a olhar para regiões fora do eixo Rio / São Paulo / Santa Catarina, porque o investimento em startups no Brasil cresceu de R$ 1 bilhão em 2015, para R$ 6 bilhões em 2019, portanto existem outros nichos de investimento.

Rondônia levou duas startups finalistas apoiadas pelo Sebrae, a Pranzo, App que oferece refeições acessíveis e a Wake up que trabalha com recuperação de cobranças. No jargão do ecossistema de inovação, o pitch é uma apresentação resumida de 3 a 5 minutos para provocar o interesse da outra parte (investidor ou cliente) pelo negócio da startup. O time da Wake up teve 15 pitchs e o da Pranzo conseguiu cinco, as duas conseguiram realizar vários contatos, aceleradoras interessadas, mentorias e outras interfaces que vão garantir projeção nacional com as informações essenciais e diferenciadas de suas empresas.

Para o time da Pranzo, Márcio e Eliezer, “Somos um marketplace de refeições consumidas nos restaurantes, onde retemos 10% de tudo que é consumido por meio de nosso App, vendemos para clientes finais ou para empresas que querem fornecer seu vale alimentação pela nossa plataforma. E cobramos uma mensalidade de restaurantes associados em nosso aplicativo a partir do momento que ele atingir um faturamento mínimo mensal”.

No time da Wake up, Willian e Matheus, “Somos um SaaS (ma referência de concessão de software que beneficia todos os segmentos de uma rede: empresas, clientes e investidores) com participação nos resultados (recorrência mensal). Quem nos paga são empresas do comércio e varejo. Nosso ticket médio é de R$ 1.211,00 mensal, com margem para crescimento com mais 100%”.

Mais Sobre Economia

Variação no preço do combustível da cidade de Porto Velho no mês de junho

Variação no preço do combustível da cidade de Porto Velho no mês de junho

Gasolina comumO litro da gasolina comum, com preço médio de R$3,94 teve uma queda de 2,72% no mês de junho em comparação com o mês de maio. Já, no co

O preço da cesta básica da cidade de Porto Velho teve queda de – 5,58 % em junho de 2020

O preço da cesta básica da cidade de Porto Velho teve queda de – 5,58 % em junho de 2020

O preço da cesta básica no mês de junho ficou em R$ 369,49 ocorrendo uma queda de -5,58% na comparação com o mês de maio, quando a cesta custava R$

Videoconferência: Profaz realiza rodada de orientações com os municípios de RO sobre a Lei de Liberdade Econômica

Videoconferência: Profaz realiza rodada de orientações com os municípios de RO sobre a Lei de Liberdade Econômica

O Programa de Modernização e Governança das Fazendas Municipais do Estado de Rondônia e do Desenvolvimento Econômico Sustentável dos Municípios (Profa

Sebrae e NEIFRO convidam autoridades para discutir embaraços aduaneiros entre Brasil e Bolívia

Sebrae e NEIFRO convidam autoridades para discutir embaraços aduaneiros entre Brasil e Bolívia

Na última quinta-feira (2), um encontro on line reuniu representes de Brasil e Bolívia para tratativas sobre a comercialização e logística por meio de