Porto Velho (RO) quarta-feira, 16 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Economia

Sesi é a marca mais lembrada em ginástica laboral, medicina ocupacional e serviços


 Sesi é a marca mais lembrada em ginástica laboral, medicina ocupacional e serviços - Gente de Opinião

Eleita várias vezes como a melhor do Brasil, a ginástica laboral do Serviço Social da Indústria - Sesi conquistou várias vezes o Prêmio Marca Brasil e o Top Mind, considerados dois dos mais importantes do setor empresarial brasileiro. Quando se fala em Segurança e Saúde no Trabalho (SST), o Sesi é uma das marcas mais lembradas na votação feita por engenheiros, técnicos, médicos, enfermeiros, gerentes de recursos humanos e administradores ligados à saúde e segurança no trabalho.

 

Em Rondônia, o Sesi também realiza este atendimento, com excelência, às indústrias locais, seja na capital ou no interior do Estado, dentre elas, a indústria JBS, Energisa, Grupo Simões, Tribunal de Contas, Marquise, a Gazin, Bernardo Alimentos, Big Sal, Frigon, inclusive os trabalhadores da Fiero (Sesi-Senai-IEL), entre outras.

 

Até agosto de 2019, o Sesi atendeu 7.380 trabalhadores de 55 indústrias rondonienses, realizando ações que resultaram em aumento da produtividade, a diminuição de acidentes, redução do absenteísmo, a melhora do estilo de vida e comportamento dos trabalhadores e suas inter-relações pessoais por meio da disseminação da cultura de um estilo de vida ativo e a melhoria dos relacionamentos no ambiente de trabalho, são alguns benefícios da ginástica laboral.

 

O presidente da Fiero, Marcelo Thomé pontua que empresas que possuem programas de bem-estar e saúde são avaliadas como mais produtivas e mais propensas a serem identificadas como estimuladoras de inovação e criatividade. “Um dos principais efeitos da ginástica laboral é no aumento da atenção e de estímulo ao sistema neuromotor. Isso diminui acidentes causados por desequilíbrio, concentração de cargas e esforço repetitivo. Outro ponto é a redução do absenteísmo. Além disso, as atividades físicas constantes melhoram a resistência cardiorrespiratória e muscular, diminuindo os afastamentos por crises diabéticas e pressão alta”.

 

Thomé lembra que em 2017 o Sesi, através da laboral, atendeu 4044 trabalhadores. Em 2018 foram atendidos 5267. “Ou seja, até agosto de 2019 já atendemos mais que em 2017 e 2018 analisados de forma separada. E estamos próximos de atender em 2019 o total dos dois últimos anos juntos. Isso mostra uma preocupação e sensibilidade do empresário em relação à prevenção da saúde do seu trabalhador. Há todo um trabalho de conscientização sobre o tema por parte do Sesi para que o industrial visualize valor e resultado tangível nas nossas ações”, afirma.

 

A analista de recursos humanos da JBS, Natália Lima Cardoso, credita a melhoria do ambiente de trabalho à prática da ginástica laboral realizada pelo Sesi. “Tem sido fundamental, pois tem nos ajudado na prevenção de algumas doenças relacionadas ao trabalho, principalmente na mudança na postura, alongamento. Em termos um dia e horários fixos têm nos ajudado a ter disciplina. A laboral tem ajudado na harmonia entre a equipe e no desenvolvimento do trabalho do dia a dia, diminuímos a tensão e melhoramos a eficiência”.

 

Natália elogiou o trabalho desenvolvido pela professora Patrícia e demais professores que ministram na laboral na empresa. “Elas são dinâmicas e sempre que vem trazem movimentos e atividades diferentes. Tem sido gratificante e satisfatório para todos”, finaliza.

 

A professora Patrícia Costa, há nove anos atuando na unidade do Sesi Saúde de Porto Velho, ministra ginástica laboral nas empresas. Ela destaca a importância da laboral como prevenção de futuras lesões, de algumas doenças, e o incentivo à prática de atividades físicas. “Ao adotar a prática de uma atividade física, o trabalhador produz mais e passa a trabalhar melhor, e o principal é a melhoria da qualidade de vida”, conta.

 

Guido Quêtto, da Gestão em Promoção da Saúde do Sesi-RO, explica que o Sesi, através do programa, oferece às indústrias um serviço especializado na atenção contínua à saúde do trabalhador, mediante atividades como alongamentos específicos para cada função laboral, informativos sobre saúde, mini palestras informativas, dinâmicas em grupo, orientações posturais, entre outras, no próprio local de trabalho, desta forma estimulando a criação de um ambiente favorável com estilos de vida saudáveis entre os trabalhadores da indústria.

 

A ginástica laboral me proporciona no ambiente de trabalho um momento para que eu possa dar uma maior atenção a minha saúde realizando os alongamentos de acordo com minha função e com isso aliviando a tensão da atividade laboral, além de melhorar a relação interpessoal com os demais colegas de trabalho” pontua o colaborador Jefferson Paião, da área Relações com Mercado da Fiero.

 

Paião acrescenta que estas ações trazem benefícios também para a empresa, a partir da possibilidade de relacionar os impactos dessas mudanças à melhoria da produtividade individual e coletiva, a partir da redução dos gastos com acidentes do trabalho, afastamentos médicos e substituição de mão-de-obra, além da melhoria da imagem da empresa frente à sociedade.

 

É cada vez maior a necessidade de investimento em qualidade de vida dos trabalhadores, cada vez mais importante ao aumento da produtividade e sustentabilidade empresarial, ressalta o superintendente do Sesi-IEL e diretor regional do Senai-RO, Alex Santiago. “Os programas de ginástica laboral despertaram isso. No início eram ações isoladas de ginástica que cresceram para programas de qualidade de vida”, reforça o superintendente.

 

Santiago lembra que em todo o país, o Sesi Ginástica na Empresa atende diariamente 750 mil trabalhadores de 2,5 mil indústrias. “Prêmios como o Marca Brasil e o Top Mind trazem maior reconhecimento da inserção do Sesi na indústria brasileira à medida que o mercado de prestadores de serviços de ginástica laboral tem aumentado nos últimos anos”, comenta.

Mais Sobre Economia

O preço da cesta básica em Porto Velho teve queda de 1,99% em setembro

O preço da cesta básica em Porto Velho teve queda de 1,99% em setembro

Dados disponibilizados pelo Programa de Educação Tutorial – PET do curso de CiênciasEconômicas da Universidade Federal de Rondônia - UNIR.O preço da c

Ações do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac são apresentadas ao Deputado Federal Léo Moraes

Ações do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac são apresentadas ao Deputado Federal Léo Moraes

O Sistema Fecomércio/Sesc/Senac recebeu na última sexta-feira (11) a visita do Deputado Federal Léo Moraes (PODE). O Parlamentar foi recebido na Sede

Sebrae leva consultor para capacitar prefeituras do Cone Sul

Sebrae leva consultor para capacitar prefeituras do Cone Sul

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Rondônia (Sebrae) promove mais uma caravana em favor do empreendedorismo e da geração e negócio

Superintendência do Estado para Resultados vai desenvolver e-Dívida, sistema que vai gerir pagamento de R$ 1,5 bilhão em precatórios

Superintendência do Estado para Resultados vai desenvolver e-Dívida, sistema que vai gerir pagamento de R$ 1,5 bilhão em precatórios

“Vamos supor que um servidor público tenha um processo judicial pedindo vale transporte, tanto a Superintendência Estadual de Gestão de Pessoas (Seg