Porto Velho (RO) sábado, 27 de novembro de 2021
×
Gente de Opinião

Economia

Senador Confúcio Moura lamenta ameaça de corte de verbas no Sistema S

O Presidente do Sistema do Comércio de Rondônia e vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio-CNC, Raniery Araujo Coelho, exaltou o posicionamento do senador rondoniense em defesa do Sistema S


Senador Confúcio Moura lamenta ameaça de corte de verbas no Sistema S - Gente de Opinião

Em discurso no plenário do Senado Federal durante sessão não deliberativa, o senador Confúcio Moura (MDB-RO) lamentou nesta segunda-feira (1º), a ameaça do governo Bolsonaro de promover cortes no orçamento das entidades do Sistema S. Para ele, as ações desempenhadas pela rede são fundamentais para a formação de trabalhadores há mais de 50 anos. Para Confúcio Moura, este não é o momento para alterar por exemplo o orçamento do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

O senador salientou que o setor produtivo tem exigido mais qualificação dos trabalhadores. E argumentou; O único sistema consistente, preparado, que tem uma história, uma genética de formação de mão de obra, de mecânicos, de eletromecânicos, de lanterneiros, de panificadores e também no mundo digital. Confúcio Moura lembrou que as entidades do Sistema S estão capilarizadas por todo o Brasil e, por isso, têm mais condições de capacitar milhares de pessoas. O Sistema S é o conjunto de organizações das entidades corporativas voltadas para o treinamento profissional, assistência social, consultoria, pesquisa e assistência técnica.

O presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE do Estado de Rondônia, Raniery Coelho e Vice-Presidente da CNC, ressaltou que o papel do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC/RO é fundamental para o nosso estado, bem como a atuação do Serviço Social do Comércio - SESC em áreas tão importantes como capacitação profissional, o lazer, o esporte, a saúde, a educação, de modo que desestruturar o sistema sem oferecer alternativas as demandas da sociedade é um desserviço. E afirmou, reconhecendo a visão correta do senador Confúcio Moura “Que é preciso ter grandeza, e coragem, para manifestar posições que, ainda que corretas, contrariam os interesses que veem as questões apenas sobre a ótica financeira. Como foi muito bem ressaltado, somos, efetivamente, o único sistema consistente, preparado, que tem uma história, na formação de mão de obra e também um trabalho inovador no mundo digital”.

Raniery concluiu dizendo que o senador Confúcio ao apoiar o Sistema S, “Está apoiando uma luta em prol dos empregados do comércio e da inserção de nossa juventude no mercado de trabalho”. Por tal razão, merece o nosso reconhecimento e seu pronunciamento firme e enérgico honra o nosso Estado”.

Mais Sobre Economia

Sebrae convida: “Bora vender do jeito certo?”

Sebrae convida: “Bora vender do jeito certo?”

O período de fim de ano é celebrado no comércio como o melhor para o aquecimento das vendas. O Sebrae propõe, claro, que as empresas aproveitem o pe

Chicago recebe cinco propostas para o seu primeiro resort-cassino

Chicago recebe cinco propostas para o seu primeiro resort-cassino

         Em muitos lugares, vemos uma retomada no setor de turismo e viagens, tanto que muitos governos estão implementando medidas para atrair mais

Aumentou a quantidade de mulheres empreendedoras em Rondônia durante a pandemia

Aumentou a quantidade de mulheres empreendedoras em Rondônia durante a pandemia

As restrições ocasionadas pela pandemia do novo coronavírus, que paralisaram a economia por quase dois anos, afetaram terrivelmente o mercado de tra

Black Friday: veja dicas para aumentar as vendas no comércio

Black Friday: veja dicas para aumentar as vendas no comércio

A Black Friday 2021 será nesta sexta-feira (26) e, apesar da inflação e da falta de dinheiro, os comerciantes têm esperança de vender mais para recu