Porto Velho (RO) sábado, 8 de agosto de 2020
×
Gente de Opinião

Economia

Retomada da economia une governo e empresários


Sérgio Gonçalves da SEDI e Raniery Coelho do Sistema Fecomércio - Gente de Opinião
Sérgio Gonçalves da SEDI e Raniery Coelho do Sistema Fecomércio

Em reunião por vídeo com o Superintendente da SEDI, Sérgio Gonçalves, com a participação do presidente da FECOMERCIO/RO, Raniery Coelho,  foram discutidas alternativas para estimular a  economia estadual e socorrer as empresas que estão em dificuldades causadas pela pandemia da covid-19, para juntos buscarmos ações que atenda a necessidade com rapidez para sobrevivência das empresas e dos empregos no Estado de Rondônia, principalmente em relação à questão do crédito  na medida em que, apesar do Pronampe - programa Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas ter sido criado pelo governo federal, em Rondônia, os bancos oficiais estão com a implantação em andamento,  mas, não se tem uma liberação efetiva dos recursos, devido à burocracia.

O crédito para as micros e pequenas empresas é essencial. Por isto conseguir facilitar sua obtenção é imprescindível para impedir que as empresas fechem suas portas e aumentem o número de demissões.

Uma pesquisa feita pela Fecomércio/RO, em junho, mostrou que, apesar de quase metade das empresas terem, de uma forma ou outra, mantido seus empregados isto se fez às custas de atrasos nos pagamentos e renegociações de dívidas, o que pesa mais no caixa das empresas.

Foi citada a ação do Banco do Povo, com destinação de recursos para as micro e pequenas empresas do Estado. Neste sentido, a SEDI irá verificar formas de aumentar a atuação do Banco do Povo, bem como incentivar as cooperativas à participar do programa.

Também foram discutidas formas de atenuar o peso dos impostos, em especial do ICMS, com o exame da possibilidade de dilatação de prazos de pagamento ou a antecipação do imposto que normalmente é recolhido na entrada e a mercadoria está toda parada pelo fechamento do comércio. A Fecomércio citou que já falou com a SEFIN sobre o assunto.

Também se discutiu formas de se ter indicadores atualizados para se ter um planejamento embasado num diagnóstico atual. Foi dito pela superintendência que já está em processo de implantação um sistema que visa reunir todas as informações econômicas do governo para se ter uma ação embasada em dados atuais e de qualidade.

Na ocasião foi acertada uma ação conjunta, tendo os técnicos da SEDI e Fecomércio, como organizadores, de uma equipe que deve colher e propor medidas para estimular a retomada das atividades econômicas.

Sendo assim, já foi agendada uma reunião para a próxima semana com o economista da Fecomércio, Dr. Silvio Persivo, para falar da conjuntura econômica, a intenção é de buscar junto ao próprio governo com as secretarias, entidades empresariais e empresas quais serão as ações e projetos necessários para a manutenção e crescimento da economia de Rondônia.

Com a Fecomércio, foi citada a importância da implantação do programa de PPP ou concessões, principalmente voltada para a infraestrutura, para que a geração de obras possa aquecer a economia, já que afeta vários setores. Porém, sabem que esta é uma medida para médio e longo prazo.

Também foi falado sobre o mapeamento do emprego para ajudar nas medidas de retomada da economia, buscando ações que contemple as grandes e pequenas empresas, e assim o Estado avance economicamente.

Mais Sobre Economia

Cristóvão Buarque é mais um palestrante confirmado na Agrolab Amazônia

Cristóvão Buarque é mais um palestrante confirmado na Agrolab Amazônia

O evento digital Conecta Sebrae Agrolab Amazônia acabou de ganhar mais um grande nome em sua programação oficial: o ex-governador do Distrito Federal

Aprovado empréstimo de R$50 mil  para MEI e microempresas via maquininha de cartão

Aprovado empréstimo de R$50 mil para MEI e microempresas via maquininha de cartão

Reforma Tributária e o PIS e o COFINS (1)         Perguntamos ao consultor José Ribeiro especialista em treinamento corporativo, que nos assessora n

Variação no preço do combustível da cidade de Porto Velho em julho

Variação no preço do combustível da cidade de Porto Velho em julho

Gasolina comumO litro da gasolina comum, com preço médio de R$4,08 teve um aumento de 3,50% no mês de julho em comparação com o mês de junho. Já, no