Porto Velho (RO) sábado, 16 de novembro de 2019
×
Gente de Opinião

Economia

Curso de Processamento de Frutas motiva produtoras rurais a aumentar a renda e implantar uma cooperativa em Ji-Paraná


Doces em compota, pastoso, geleia, corte e cremoso estão sendo ensinados a mulheres da agricultura familiar em Ji-Paraná - Gente de Opinião
Doces em compota, pastoso, geleia, corte e cremoso estão sendo ensinados a mulheres da agricultura familiar em Ji-Paraná

Viúva há cinco anos, a agricultora Maria dos Santos da Silva é uma das 14 mulheres que está aprendendo a fazer doces com as frutas produzidas no quintal do sítio onde mora, na região da Gleba “G”, em Ji-Paraná. Ela participa até quinta-feira (7) do curso de Processamento de Frutas, ministrado por extensionistas da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).

“Só sabia fazer doce de banana e de figo. Agora já entendo mais da variação da culinária e vejo a possibilidade de participar da criação de uma cooperativa que possibilitará ganhos reais e melhoria da nossa condição financeira”, declarou a futura doceira Maria dos Santos. 

Colega de curso dela, a sitiante Elismar Soares avalia a experiência em transformar frutas em doces como um aprendizado que reflete diretamente na economia doméstica. “As frutas temos com sobra em casa. O processamento caseiro implica em redução de gastos extras com guloseimas com as crianças”.

Elismar e Maria dos Santos estão confiantes de que os novos conhecimentos adquiridos vão servir para melhorar a condição econômica.

“Estamos motivadas a dedicar mais nesse segmento alimentício e futuramente compor uma cooperativa, pois a variedade de frutas é grande e todas nós temos interesse em atuar nesta área”, declarou Elismar, no segundo dia de aprendizado.

“Só sabia fazer doce de banana e de figo. Agora já entendo mais da variação da culinária e vejo a possibilidade de participar da criação de uma cooperativa que possibilitará ganhos reais e melhoria da nossa condição financeira”, declarou a futura doceira Maria dos Santos. 

Colega de curso dela, a sitiante Elismar Soares avalia a experiência em transformar frutas em doces como um aprendizado que reflete diretamente na economia doméstica. “As frutas temos com sobra em casa. O processamento caseiro implica em redução de gastos extras com guloseimas com as crianças”.

Elismar e Maria dos Santos estão confiantes de que os novos conhecimentos adquiridos vão servir para melhorar a condição econômica.

“Estamos motivadas a dedicar mais nesse segmento alimentício e futuramente compor uma cooperativa, pois a variedade de frutas é grande e todas nós temos interesse em atuar nesta área”, declarou Elismar, no segundo dia de aprendizado.

O curso está sendo realizado nas dependências da comunidade católica Santos Anjos desde terça-feira. A proposta é incentivar as mulheres a desempenhar outros papeis na sociedade, além da rotina de donas de casas.

O curso está sendo realizado nas dependências da comunidade católica Santos Anjos desde terça-feira. A proposta é incentivar as mulheres a desempenhar outros papeis na sociedade, além da rotina de donas de casas.

Mais Sobre Economia

Startups de Rondônia presentes no Circuito de Investimento em São Paulo

Startups de Rondônia presentes no Circuito de Investimento em São Paulo

Em suas várias etapas, o Projeto Capital Empreendedor está programado para preparar empreendedores de pequenos negócios inovadores para o processo de

Empresários relatam experiências de sucesso com o 1º Imersão de Rondônia Varejo 4.0

Empresários relatam experiências de sucesso com o 1º Imersão de Rondônia Varejo 4.0

Que tal vender apenas com um clique e se conectar a dezenas de clientes? Sim, isso é possível e nos dias 8 e 9 de novembro varejistas de Vilhena p

Educadores participam do Fórum Sebrae de Educação Empreendedora

Educadores participam do Fórum Sebrae de Educação Empreendedora

Educadores vindos de vários pontos do estado participaram do Fórum Sebrae de Educação Empreendedora realizado nessa segunda-feira (11) na casa de even

Semana Global de Empreendedorismo começa em todo o país no dia 18 de novembro

Semana Global de Empreendedorismo começa em todo o país no dia 18 de novembro

“Empreender é viver o futuro hoje”. Esse será o tema da 12ª edição da Semana Global de Empreendedorismo (SGE), que acontece de 18 a 24 de novembro, em