Porto Velho (RO) quinta-feira, 16 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Zona Franca de Manaus ajuda a puxar participação do Norte no PIB


Mariza Louven - Agência O Globo RIO - A produção de eletroeletrônicos, motocicletas e bicicletas na Zona Franca de Manaus fez com que a economia do estado do Amazonas tivesse o maior crescimento entre os anos de 2003 e 2004, entre todos os outros do país, de 11,5%.Segundo o coordenador de contas nacionais do IBGE, Frederico Cunha, o resultado teve forte influência no aumento da participação da região Norte sobre o Produto Interno Bruto do País, que passou de 5% para 5,3%, segundo levantamento divulgado nesta quinta-feira.Já o Nordeste, cujo peso sobre o PIB passou 13,8% para 14,1%, foi beneficiado pelo crescimento da indústria e do comércio na região, que alavancou os índices de emprego.Cunha também explicou que o foi o estado de São Paulo que provocou uam queda da participação do Sudeste na economia nacional, de 55,2% para 54,9%.Embora o estado continue com o maior peso individual no PIB e tenha crescido 6,4% em 2004, sua participação no indicador caiu de 31,8%, em 2003, para 30,9%, em 2004.- Apesar de o Sudeste ter perdido participação no PIB, os estados da região estão entre os sete maiores que se mantém no topo do ranking nacional desde 1985, já que o valor absoluto de seu PIB é muito alto. Seria necessário que houvesse uma grande desordem econômica para que esta relação fosse alterada - ponderou o técnico.

Mais Sobre Economia - Nacional

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

o socorro financeiro do governo federal ao pagamento de dívidas de estados e municípios com a União vai gerar um impacto de R$ 90,3 bilhões nas contas

Dia dos pais tem 2º ano de crescimento das vendas

Dia dos pais tem 2º ano de crescimento das vendas

A EXPECTATIVA PARA AS VENDAS DE RONDÔNIA SÃO MELHROES QUE A MÉDIA NACIONALA Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo-CNC estima q

Banco Central aprova aquisição da XP Investimentos pelo banco Itaú

Banco Central aprova aquisição da XP Investimentos pelo banco Itaú

O Banco Central (BC) aprovou, com restrições e limitações, a aquisição de 49,9% da XP Investimentos pelo Itaú Unibanco. O acordo viabiliza o investime

Efeito cascata: Aumento do STF vai custar R$ 137 mi em Minas

Efeito cascata: Aumento do STF vai custar R$ 137 mi em Minas

Caso o Congresso acate, o reajuste dos ministros do STF vai aumentar a despesa em R$ 10,55 milhões por mês, ou R$ 137,15 milhões, aí somado o décimo-t