Sexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Vendas nos supermercados caem de agosto para setembro


Bruno Bocchini
Agência Brasil


São Paulo – As vendas dos supermercados aumentaram 3,7% em setembro em relação a setembro do ano passado, de acordo com o Índice Nacional de Vendas (INV), divulgado hoje (25) pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Porém, em comparação com agosto, houve queda de 0,75%. No acumulado deste ano, a alta atinge 4,21% na comparação com os primeiros nove meses de 2010.

“Em setembro, as vendas mantêm a trajetória de crescimento, reflexo da estabilidade econômica que vive o país, com baixo desemprego e melhores níveis salariais. Nossa expectativa é que essa tendência se estenda até o final do ano”, disse o presidente da Abras, Sussumu Honda.

Em setembro, a cesta de 35 produtos de largo consumo da Abras apresentou alta de 1,36% em relação a agosto. Na comparação com setembro de 2010, a cesta aumentou 10,71% - de R$ 276,77 para R$ 306,42.

Os produtos cujas vendas mais cresceram em setembro, na comparação com agosto, foram leite longa vida (4,9%), queijo prato (3,13%) e café torrado e moído (3,11%). Os produtos com maiores quedas foram tomate (-7,47%), cebola (-6,13%) e batata (-2,5%).

De acordo com a Abras, o setor supermercadista brasileiro espera um aumento, em faturamento, de 15,6% nas vendas de fim de ano, em relação ao mesmo período do ano passado. “Contamos com um momento de estabilidade econômica e perspectivas de crescimento da renda do brasileiro em 2012, com aumento do salário mínimo. Com isso, é natural concluir que a mesa será mais farta nas festas natalinas”, avaliou Sussumu Honda.

Os supermercados brasileiros aumentaram as encomendas de praticamente todos os produtos típicos do Natal, em relação ao mesmo período do ano anterior. Os destaques são cerveja, com aumento de 16,8% nas encomendas, frutas nacionais da época (16,3%) e refrigerante (16,1%).

 

Gente de OpiniãoSexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Sexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)