Sexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Vendas de carros e comerciais leves crescem 6,1% em 2012


Elaine Patricia Cruz
Agência Brasil

São Paulo - As vendas de carros e veículos comerciais leves (como vans e furgões) no mercado interno cresceram 6,11% em 2012 em comparação as do ano anterior. Segundo balanço divulgado na tarde de hoje (3) pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Aumotores (Fenabrave), foram comercializadas 3.634.421 unidades no acumulado do ano passado, valor maior que as 3.425.270 unidades vendidas em todo o ano de 2011.

Considerando automóveis, veículos comerciais leves, caminhões e ônibus, as vendas em 2012 subiram 4,65% em 2012 em relação ao ano anterior, com a comercialização de 3.801.859 unidades. Quando se somam também as vendas de motos e implementos rodoviários, foram contabilizadas 5.586.586 unidades, queda de 2,25% em comparação a 2011 (com 5.715.248 unidades vendidas).

Para 2013, a Fenabrave projeta crescimento de 2,82% nas vendas de veículos (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus e motos).
 

Gente de OpiniãoSexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Sexta-feira, 1 de março de 2024 | Porto Velho (RO)