Porto Velho (RO) terça-feira, 7 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Venda de automóveis cresce 3,16% em janeiro, mas setor recua 5,20%



Ivy Farias
Agência Brasil 

 São Paulo - O comércio de automóveis e veículos leves novos cresceu 3,16% no mês de janeiro comparado a dezembro. Os dados foram divulgados hoje (4) em São Paulo pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Apesar do número positivo, o setor fechou o mês negativo em 5,20% com a queda nas vendas de motos (13,47%), caminhões (24,45%) e ônibus (35,33%).

"Isso nos preocupa porque mostra o tamanho da crise: os consumidores de baixa renda, que compram motos, estão com dificuldades e os investidores, que compram caminhões e ônibus, não estão levando nada", afirmou Sérgio Reze, presidente da entidade.

No total, foram vendidos em janeiro 189.729 automóveis e veículos leves, 7,63% a menos se comparado ao mesmo mês de 2008.

Segundo Reze, a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) foi uma das contribuições do governo para o setor.

"Janeiro poderia não ter sido um mês tão bom", comentou. Para o presidente, o problema das vendas não é mais a falta de crédito e sim de vontade. "As pessoas estão receosas em comprar", disse.

Para Reze, a economia brasileira está em boas condições se comparada com as demais. "Nossos bancos não têm passado por dificuldades".

Entretanto, o presidente da Fenabrave não quis fazer projeções para 2009. "O dólar está voltando à normalidade, mas a economia ainda passa por um processo de expectativas", comentou.


 

Mais Sobre Economia - Nacional

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões

Ajuda ao MEi será de R$600,  diz presidente Bolsonaro

Ajuda ao MEi será de R$600, diz presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (26) que o auxílio emergencial para os trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus será de