Porto Velho (RO) domingo, 25 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Vale aprova entrada no controle da Usiminas


Agência O Globo RIO - O Conselho de Administração Vale do Rio Doce aprovou a entrada da mineradora no grupo de controle da Usiminas e a reestruturação da participação acionária nesta empresa. Com a reestruturação, a Vale venderá parte das suas ações ordinárias na empresa e deverá manter 7% do capital votante no grupo de controle da siderúrgica que é a maior produtora de aços planos da América Latina. Essa redução fez parte do acordo para que a empresa entre no grupo de controle da Usiminas que passará a deter 70% das ações ordinárias, ante 53% da participação atual. Em nota, a Vale explicou que detém atualmente 25.810.728 ações ordinárias de emissão da Usiminas, as quais representam 22,99% das ações ordinárias com direito a voto e 11,46% do capital total dessa empresa. Segundo a nota, a empresa manterá a propriedade de 6.608.608 ações ordinárias vinculadas ao novo acordo de acionistas do grupo de controle acionário da Usiminas, assinado nesta segunda-feira e com prazo de 15 anos. A Vale explicou que venderá, ao preço de R$ 70,59 por ação ordinária, 2.104.988 ações para a Nippon Steel, 1.628.970 ações para a Votorantim Participações S/A e 1.628.970 ações para a Camargo Corrêa S/A, totalizando 5.362.928 ações ordinárias no valor de R$ 378,6 milhões. A Vale ficará ainda 13.839.192 ações ordinárias da Usiminas em poder da Vale, que serão vendidas em oferta pública a ser anunciada. Depois de concluída a operação, a Nippon Steel ficará com cerca de 24% das ações ordinárias no grupo de controle e a Votorantim e a Camargo Corrêa, com 22% cada uma. O preço de R$ 70,59 por ação ordinária corresponde à média dos preços das ações preferenciais da Usiminas negociadas na Bovespa no período de 90 dias anteriores a 15 de abril de 2006. Segundo nota da Vale, o movimento efetuado "é consistente com sua estratégia de promover a expansão da indústria siderúrgica brasileira e, simultaneamente, permite a realocação de capital para investimento em seus negócios de mineração". Além disso, a reestruturação está associada à decisão dos atuais acionistas controladores da Usiminas de realizar estudo de viabilidade da construção de uma usina produtora de placas.

Mais Sobre Economia - Nacional

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões