Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Temer diz que Brasil não passa por nenhuma crise


Luana Lourenço
Agência Brasil

Brasília - O presidente da República em exercício, Michel Temer, defendeu hoje (20) as políticas sociais do governo. Ele também reafirmou que o país não passa por nenhuma crise, nem mesmo na macroeconomia. Segundo Temer, apesar do cenário econômico internacional desfavorável, o Brasil vive uma fase de prosperidade.

“Estamos em uma fase de muita prosperidade social, política, institucional. Não temos uma crise no nosso país. De vez em quando eu vejo a imprensa dizendo 'existe uma crise aí'. Que crise é essa? Precisamos saber graduar essa crise: é uma crise econômica, política, institucional? Não temos crise econômica, porque, sem embargo das dificuldades lá fora, o fato é que o Brasil enfrenta com muita tranquilidade essas chamadas crises internacionais”, disse, durante discurso na 1ª Conferência Nacional de Desenvolvimento Regional.

Segundo Temer, a desaceleração da economia, que levou o Brasil a crescer menos de 1% em 2012, não compromete os avanços que o governo tem alcançado, porque, na avaliação dele, as questões macroeconômicas não têm influência direta na vida dos cidadãos. “Muitas vezes se noticia na imprensa que a macroeconomia vai mal, mas eu digo que não é isso que influencia o povo brasileiro. Eu faço uma distinção entre a macroeconomia e a chamada economia do cotidiano. Enquanto o sujeito tiver dinheiro no bolso para comprar frango no supermercado, ter a sua geladeira, o seu liquidificador, poder mandar seus filhos para a escola, essa economia do cotidiano não se alterou”, ressaltou.

O presidente em exercício disse que acredita que “até a macroeconomia” se recupere em 2013 e que o governo tem “absoluta convicção” que está no caminho certo. Os números divulgados ontem (19) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), que mostram recorde de aprovação do governo e da presidenta Dilma Rousseff, confirmam essa tese, segundo Temer. “Essa pesquisa é reveladora do acerto das questões que o governo vem levando adiante”, disse.

Na avaliação de Temer, pela primeira vez, um governo conseguiu trazer para a prática princípios constitucionais, como a erradicação da pobreza e o direito à moradia. “O que tem equilibrado hoje o nosso país é essa coincidência absoluta entre Constituição formal e a real, o que ocorre efetivamente na vida do Estado. Nos últimos dez, 12 anos conseguimos a absoluta consonância entre o formal e o que acontece na vida cotidiana do Estado”, declarou.
 

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)