Porto Velho (RO) sábado, 4 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

TAM espera mercado "mais racional" após compra da Varig pela Gol e cobiça destinos internacionais


Agência O Globo SÃO PAULO - O presidente da TAM, Marco Antonio Bologna, espera que a competição no mercado aéreo tenha "mais racionalidade" após a compra da Varig pela Gol, ocorrida em março. "Em relação ao preço das passagens, haverá menos concorrência predatória", disse o executivo, após coletiva de imprensa para anunciar um acordo operacional com a portuguesa TAP. "A compra alivia o cenário na medida em que acaba com as incertezas", afirmou Bologna. "Agora há duas grandes empresas, ambas listadas em bolsa, altamente profissionalizadas." Diante do aumento da oferta de assentos que vai ocorrer este ano, por causa da chegada de novos aviões do grupo Gol e da TAM, o mercado receia que ocorra uma guerra de preços. Nos últimos meses, antes de ser adquirida pela Gol, a Varig reduziu o preço das passagens para conseguir atrair passageiros. Mesmo assim, a ocupação nos vôos da companhia foi de 54% no primeiro trimestre do ano, taxa muito baixa e que indica alta probabilidade de que a operação estivesse gerando prejuízos. A TAM reiterou sua posição contrária a qualquer prorrogação no prazo que a Varig tem para assumir uma série de rotas internacionais. Segundo Paulo Castello Branco, vice-presidente de planejamento da TAM, a Agência Nacional de Aviação Civil tem obrigação de recuperar as freqüências que não estiverem ocupadas até o dia 18 de junho e licitá-las entre todas as empresas interessadas. A TAM espera conseguir algumas dessas freqüências para poder iniciar o quarto vôo diário para Paris, o segundo para Londres e para estrear um vôo diário para Frankfurt. (Roberta Campassi | Valor Econômico, para o Valor Online)

Mais Sobre Economia - Nacional

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões

Ajuda ao MEi será de R$600,  diz presidente Bolsonaro

Ajuda ao MEi será de R$600, diz presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (26) que o auxílio emergencial para os trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus será de