Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Superávit do setor público é o menor desde 2004


Patrícia Duarte - Agência O GloboBRASÍLIA - O superávit primário do setor público em setembro, de 4,28% do Produto Interno bruto (PIB) num fluxo de 12 meses, é o menor desde março de 2004, quando ficou em 4,16%, e bem aquém dos 5,17% em igual período de 2005. No mês passado, o saldo ficou em R$ 4,575 bilhões, acumulando no ano R$80,526 bilhões, de acordo com dados do Banco Central (BC).O resultado foi afetado pela antecipação do 13º salário de aposentados e pensionistas pra o mês passado, que normalmente ocorre em dezembro e que somou R$ 5,9 bilhões, mas tanto governo quanto especialistas apostam que a meta de 4,25% do ano será cumprida. No entanto, as despesas nos próximos três meses terão de ser seguradas, bem como para os anos seguintes.O governo central -que engloba governo federal e Banco Central- fez um superávit em setembro de apenas R$ 65 milhões, basicamente por conta da antecipação do 13º salário para aposentados, que fez com que o INSS tivesse um déficit de R$ 8,567 bilhões em setembro. Os governos regionais tiveram superávit de R$ 1,994 bilhão no mês e as estatais, de R$ 2,516 bilhões.Na avaliação do chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes, os resultados dessas duas esferas veio dentro do esperado. A relação dívida líquida/PIB do país, ainda segundo o BC, fechou setembro a 50,1%, mesmo patamar de agosto. A autoridade monetária, no entanto, aposta que no fim de 2006 ela fechará a 50,5%, maior por conta das novas bases adotadas para a estimativa pelo BC, como o crescimento do PIB de 3,5%; que, até então, esperava expansão de 4%.

Mais Sobre Economia - Nacional

Publicada lei que altera juros de fundos constitucionais

A lei que altera o cálculo dos juros dos fundos constitucionais de financiamento foi publicada na edição de hoje (20) do Diário Oficial da União.

CNI: confiança do empresário industrial tem maior queda desde 2010

Índice caiu 5,9 pontos em junho frente a maio

Copom inicia hoje reunião para definir taxa Selic

Para instituições financeiras consultadas pelo BC, a Selic deve ser mantida no atual patamar – 6,5% ao ano até o final de 2018

Salmão e filé mignon recebem benefícios fiscais

Salmão e filé mignon recebem benefícios fiscais

O secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, afirma, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, que a estritura tributárias do país sofre com muita