Porto Velho (RO) quinta-feira, 9 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Senado decide adiar obras para conter gastos



Marcos Chagas
Agência Brasil

Brasília - A Mesa Diretora decidiu hoje (3) adiar as obras do prédio previstas para este ano, como a ampliação do setor de arquivo e a construção da passarela que ligará a gráfica ao arquivo. O 1º secretário, Cícero Lucena (PSDB-PB), não soube quantificar o valor que a Casa deixará de gastar com essas medidas e destacou que trata-se de uma iniciativa “de buscar um Senado mais enxuto, eficiente e prestando melhores serviços”.

Ele acrescentou que, agora, caberá à administração do Senado desenvolver estudos sobre a “ocupação ideal” do espaço físico disponível. A ideia, segundo o parlamentar, é aguardar a aprovação da reforma administrativa para dar andamento às obras. A matéria está parada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Já a primeira-vice presidente do Senado, Marta Suplicy (PT-SP), disse que também foi adiado para agosto o prazo de contratação de jornalistas concursados pelo Senado. Ela frisou que os 12 profissionais que aguardam ser chamados já fizeram o curso de qualificação exigido pela Casa. “O Senado já investiu no treinamento desses jovens que serão aproveitados na área de comunicação. O Executivo está dando exemplos de cortes e isso é normal”.
 

Mais Sobre Economia - Nacional

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões