Porto Velho (RO) terça-feira, 23 de abril de 2019
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Rondônia presente em reunião de dirigentes do Sebrae em Brasília


Rondônia presente em reunião de dirigentes do Sebrae em Brasília - Gente de Opinião

Diretores rondonienses participaram da integração e alinharam estratégias

Os Diretores Executivos do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Rondônia (Sebrae), estiveram reunidos na última semana (5 a 7) na sede do Sebrae Nacional, em Brasília. O objetivo da reunião era dar as boas vindas às novas composições estaduais, apresentar o sistema para novos dirigentes e discutir estratégias e atuação, alinhando ações para promover a excelência nos Pequenos Negócios.

O Diretor Superintendente Daniel Pereira participou de todos os dias e avaliou com positivo o encontro: “Pudemos internalizar mais a cultura do sistema nesses três dias de atividades. Junto com nossa pequena mas competente equipe, faremos a diferença nas Micro e Pequenas Empresas de Rondônia, um trabalho de extrema importância para continuarmos a desenvolver nosso rico e promissor estado”.

Na pauta do evento, grandes discussões que giraram em torno de modelo de governança, resultados e modelos de negócios sob a ótica do Sebrae, estratégias de relacionamento com clientes, banco de dados com informações de inteligência de mercado para que as Unidades atuem de maneira mais assertiva. Além disso, sempre é um momento de integração e debates com troca de experiências, boas práticas e assuntos internos, tudo com objetivo de aprimorar cada vez mais a rede de atendimento dos Sebrae junto aos Pequenos Negócios.

As micro e pequenas empresas estão espalhadas por todo o país, sendo que no Sudeste há grande concentração de empreendedores, abrangendo um total de 51% deles. O Sul e Nordeste concentram 18% das MPE, enquanto 8% estão no Centro-Oeste e 5% na região Norte. “É um cenário amplo e que promete se expandir ainda mais, devido à grande demanda que cresce constantemente. Além disso, vale ressaltar que a micro e pequena empresa é a porta de entrada do jovem no mercado de trabalho. Muitos jovens não encontram espaço no mercado de trabalho e recorrem às MPE, seja como empreendedor ou como empregado”, explicou Marcos Bedê, analista da Unidade de Gestão Estratégica do Sebrae Nacional.

Participaram também do evento o Diretor Técnico Samuel Silva de Almeida e o Administrativo Financeiro, Carlos Berti Niemeyer. Os diretores voltaram com grandes temas a serem compartilhados entre os colaboradores do Sebrae em Rondônia na bagagem, para aprimorar ainda mais o planejamento estratégico da instituição em 2019.

Saiba mais sobre a atuação do Sebrae, acessando sebrae.ro ou ligando gratuitamente para 0800 570 0800. Você também pode interagir com o Sebrae pelo WhatsApp, (69) 98130-5656, Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn e YouTube nos canais Sebrae/RO.

Mais Sobre Economia - Nacional

10 direitos dos trabalhadores em caso de demissões depois da reforma trabalhista

10 direitos dos trabalhadores em caso de demissões depois da reforma trabalhista

Apesar da economia já apresentar melhoras, ainda é grande o temor de muitos trabalhadores em relação a possibilidade de serem os próximos demitidos e

Obrigações do MEI - Empréstimo para MEI: Linhas de crédito disponíveis - eSocial começa a receber informações do MEI

Obrigações do MEI - Empréstimo para MEI: Linhas de crédito disponíveis - eSocial começa a receber informações do MEI

*Obrigações do MEI* O Microempreendedor Individual (MEI) é um enquadramento empresarial previsto no SIMPLES Nacional e, por isso, fica isento dos trib

Economia: LDO de 2020 não prevê concursos nem reajuste para servidores

Economia: LDO de 2020 não prevê concursos nem reajuste para servidores

A proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020, apresentada hoje (15) pelo Ministério da Economia, não prevê concursos não autorizados ne

Equipe econômica do governo Bolsonaro propõe salário mínimo de R$ 1.040 para o próximo ano

Equipe econômica do governo Bolsonaro propõe salário mínimo de R$ 1.040 para o próximo ano

Pela primeira vez, o valor do salário mínimo ultrapassará R$ 1 mil. O governo propôs salário mínimo de R$ 1.040 para 2020, o que representa alta de 4,