Porto Velho (RO) terça-feira, 21 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Revisão do PIB não altera colocação do Brasil entre as economias mundiais


Agência o Globo Os novos números do PIB, divulgados nesta terça-feira, que elevaram a expansão de 2,9% para 3,7%, não modificaram a posição do Brasil no ranking das economias mundiais, segundo a consultoria Austin Ratings. Apesar do número maior, o país ainda continua em 10º lugar, atrás da Espanha.No entanto, a novidade é que o Brasil entra para o grupo dos países que têm um PIB superior à casa de um trilhão de dólares e atinge esse valor pela primeira vez na história. Ao fazer a conversão, pelo dólar médio, o número é de US$ 1,066 trilhão de dólares.A participação do país no PIB mundial, de US$ 47,915 trilhões é de 2,2%. Entre as dez maiores economias do mundo, que contêm US$ 33,152 trilhões, é de 3,2%.O dólar usado para fazer a conversão para o ranking é de R$ 2,1776 para 2006.No entanto, o Ministério da Fazenda tem feito outra conta para posicionar o país na economia mundial. A instituição está usando o cálculo pela paridade do poder de compra assegura a equivalência dos preços dos produtos entre os países e a comparação efetiva entre eles. Ela leva em conta a variação do preço de bens e serviços entre países, devido às diferentes condições de demanda e de oferta, de inflação e de hábitos. Com isso, para o ministério, o país está em 8º lugar, à frente até da Russia.

Mais Sobre Economia - Nacional

Aumento do judiciário inviabiliza folha de pagamento em 13 estados

Aumento do judiciário inviabiliza folha de pagamento em 13 estados

Matéria do jornal Valor destaca a situação complexa dos estados e das respectivas folhas de pagamento: "metade dos 26 Estados ultrapassou pelo menos o

Pagamento dos servidores estaduais é antecipado e injetará R$ 185 milhões na economia de Rondônia

Pagamento dos servidores estaduais é antecipado e injetará R$ 185 milhões na economia de Rondônia

O pagamento dos servidores estaduais programado para o próximo dia 28 será antecipado para este sábado (18). Segundo a Secretaria de Finanças (Sefin),

Inflação do aluguel avança e atinge 0,67% na segunda prévia de agosto

Inflação do aluguel avança e atinge 0,67% na segunda prévia de agosto

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado para reajustar aluguéis, avançou 0,14 ponto percentual na segunda prévia de agosto e fechou em 0,67%.

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

o socorro financeiro do governo federal ao pagamento de dívidas de estados e municípios com a União vai gerar um impacto de R$ 90,3 bilhões nas contas