Sábado, 2 de março de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Representantes destacam soluções do novo Governo


Representantes destacam soluções do novo Governo - Gente de Opinião

O Governador Confúcio Moura surpreendeu mais uma vez o setor produtivo de Rondônia ao apresentar respostas imediatas às reivindicações dos seus representantes no Estado. Reunidos o presidente da Fecomércio Raniery Coelho, da FCDL, Joana Joanora, do SIMPI - Leonardo Sobral, que também é presidente do Sebrae, e do presidente da Federação da Agricultura Francisco Ferreira Cabral, os líderes empresariais apresentaram proposta que foram prontamente atendidas pelo chefe do Executivo.

Entre os temas apontados está a preocupação com a Medida Provisória que áreas de livre comércio no vizinho Estado do Acre, dentre elas sua capital Rio Branco. Para o presidente da Fecomércio Raniery Coelho o Governo precisa ficar atento, inclusive com alerta á bancada federal do Estado, pois caso essa proposta venha ser concretizada poderá gerar graves problemas para a economia rondoniense. Sabe-se que um trabalho político precisa ser feito para que Rondônia não venha sofrer as conseqüências.

Outro ponto apontado diz respeito à internacionalização do Aeroporto Jorge Teixeira que não está funcionando devidamente com os aparatos necessários para operar vôos internacionais. A urgência disso reflete exclusivamente nas operações de exportação e importação que podem ser feitas no Estado.
 

PEQUENA EMPRESA URBANA E RURAL

Outro assunto de pauta foi sobre a antecipação e substituição tributaria. A pedido dos representantes do setor produtivo, o governador abriu um canal de discussão do segmento econômico com a Secretaria de Estado de Finanças. Neste item, Confúcio acenou para um tratamento diferenciado para os micro e pequenos empresários a exemplo do que ele viu no Paraná em conversa com o governador Roberto Requião. Além disso, já havia assinado decreto concedendo maio espaço para os pequenos e micros nas compras governamentais.

Outros temas discutidos foram o FEFA e Pró Leite. O governador Confucio determinou ao Secretário da Agricultura, Anselmo de Jesus, que acompanhou a reunião, uma nova formulação para composição equilibrada dos membros do conselho do Fundo de Emergência da Febre Aftosa e de uma nova dinâmica para o Pró-Leite, programa em que os pequenos produtores estão à frente.

Na pauta dos representantes foi discutido ainda um maior equilíbrio na administração da Junta Comercial do Estado de Rondônia- Jucer - para que haja uma gestão compartilhada com o setor produtivo na entidade que congrega o registro de todas as empresas do Estado. Para Confúcio esse é um assunto que está praticamente resolvido, restando apenas alguns detalhes que não atrapalham o processo.

Para o presidente da Fecomércio, Raniery Coelho, a dinâmica do governador e a velocidade na tomada de decisões demonstram o compromisso do líder maior do Estado em cumprir os compromissos assumidos em campanha com o setor produtivo. Confúcio pretende fazer em sua administração um marco no tratamento com os empresários.

Segundo Raniery, esse é apenas um passo na gestão compartilhada que deve existir entre o setor público e o privado, ambos contribuindo para o desenvolvido do Estado.

Fonte: Fecomércio/RO

 

Gente de OpiniãoSábado, 2 de março de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Sábado, 2 de março de 2024 | Porto Velho (RO)