Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Redução da Selic faz BB diminuir juros bancários


Stênio Ribeiro
Agência Brasil

Brasília – Tão logo tomou conhecimento da decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), que reduziu ontem (7) a taxa básica de juros (Selic) pela quinta vez consecutiva, de 10,50% para 9,75% ao ano, o Banco do Brasil (BB) divulgou comunicado que também está baixando suas taxas em linhas de crédito para pessoas físicas e jurídicas.

Embora as cobranças de juros bancários sejam totalmente desproporcionais em relação à taxa Selic, o BB destaca que realiza também a quinta redução de suas taxas, desde julho do ano passado, em consonância com as decisões do Copom, e reafirma que suas taxas estão entre as menores do sistema financeiro nacional (SFN).

As novas taxas do BB, em vigor a partir de amanhã (8), mostram reduções de 2,31% para 2,27% ao mês no Crédito Benefício; de 3,35% para 3,31% no BB Crediário; de 2,30% para 2,26% na compra de material de construção; e de 1,32% para 1,29% na aquisição de veículos por pessoas físicas.

No caso de empresas, as reduções anunciadas são de 1,62% para 1,60% ao mês no BB Giro APL e no BB Giro Saúde; e de 2,17% para 2,14% na modalidade Capital de Giro Mix Pasep.
 

Mais Sobre Economia - Nacional

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões

Ajuda ao MEi será de R$600,  diz presidente Bolsonaro

Ajuda ao MEi será de R$600, diz presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (26) que o auxílio emergencial para os trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus será de