Porto Velho (RO) quinta-feira, 9 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Presidente da Anfac comenta redução da Selic


Para o presidente da Associação Nacional das Sociedades de Fomento Mercantil – Factoring (Anfac), Luiz Lemos Leite, a política monetário de redução da taxa básica de juros deverá continuar. "Para esta decisão, o Copom ponderou a situação em que se encontra o setor produtivo, que desde os dois últimos trimestres de 2011 e o primeiro trimestre de 2012 estão sofrendo um significativo desaquecimento, o que realmente deve preocupar muito as autoridades econômicas do país", ressalta.

Para Lemos, a reversão desta situação não depende só da política monetária, mas de outras alterações estruturais, principalmente com uma reforma tributária fiscal e do câmbio. "O emaranhado e anacrônico sistema tributário/fiscal brasileiro representa um custo altíssimo para a sociedade e inibe a competitividade dos vários setores da economia, sobretudo a indústria que, embora continue trabalhando, tem reduzido seu passivo trabalhista comprando no extetior e vendendo no país. No momento, o Brasil está demandando uma corajosa e eficiente descomplicação tributária/fiscal, uma histórica oportunidade que a Presidente Dilma, com o seu prestígio em alta, não deveria desperdiçar para atender aos anseios de todos os seguimentos. Para contrabalançar este cenário, não poderia deixar de consignar que a economia está crescendo graças à atuação do setor de agronegócios, comercial e de serviços", analisa.

Luiz Lemos Leite é advogado especializado em direito econômico e empresarial, ex-diretor do Banco Central e presidente da Anfac.


Sobre a ANFAC

A ANFAC - Associação Nacional das Sociedades de Fomento Mercantil – Factoring - é a principal entidade representativa do setor do fomento mercantil brasileiro. Foi fundada em 1982, na cidade do Rio de Janeiro, com o compromisso de fortalecer o sistema brasileiro de fomento mercantil e suas relações com a sociedade, como também, contribuir para o desenvolvimento socioeconômico e sustentável do País.

Fonte: Ricardo Viveiros & Associados - Oficina de Comunicação (RV&A)

Mais Sobre Economia - Nacional

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões