Porto Velho (RO) segunda-feira, 27 de junho de 2022
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Porto Velho-RO entre as 25 cidades que mais contrataram no mês de agosto



Todas as capitais tiveram resultado positivo no mês, mostra Caged. Excluindo capitais, destaques são Bauru e Campinas, em São Paulo.

Mariana Oliveira
Do G1, em São Paulo

 

Das 50 cidades brasileiras que registraram o melhor desempenho na geração de emprego formal em agosto, 23 são capitais, mostram os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego.

Nesta quinta-feira (16), o governo divulgou os dados gerais e mostrou que foram criados 299 mil postos de trabalho com carteira assinada no mês. Foi o melhor resultado para meses de agosto de toda a série histórica do Caged, que começou em 1992. No acumulado de janeiro a agosto deste ano, os dados mostram que houve a criação de 1,95 milhão de empregos, o que também representa recorde da série histórica.

Excluindo as capitais, os principais destaques do mês foram Bauru (SP), Campinas (SP), Goiana (PE), Guarulhos (SP), Santa Rita (PB) e Ribeirão Preto (SP). O Caged só considera os dados das cidades com mais de 30 mil habitantes. Confira abaixo a lista das 50 cidades que mais geraram postos de trabalho em julho mais as capitais (em negrito).

Cidade                                                                                      Saldo de vagas
(diferença entre contratações e demissões)
São Paulo (SP) 32.581
Belo Horizonte (MG)
 
18.808
Rio de Janeiro (RJ) 14.235
Fortaleza (CE)
 
6.289
Recife (PE)
 
5.832
 
Curitiba (PR)
 
5.245
 
Salvador (BA)
 
4.560
 
Bauru (SP) 4.044
Manaus (AM)
 
3.916
 
Campinas (SP) 3.540
Porto Alegre (RS)
 
3.511
 
Goiânia (GO)
 
3.492
 
Goiana (PE) 2.683
Guarulhos  (SP) 2.603
Santa Rita (PB) 2.309
Ribeirão Preto (SP) 2.287
São Luís (MA) 2.275
Natal (RN)
 
2.161
 
Santo André (SP) 2.156
Belém (PA)
 
2.129
 
Sorocaba (SP) 2.114
Brasília (DF)
 
2.046
 
Uberlândia (MG) 2.023

Porto Velho (RO)
 

1.999
 
São Bernardo do Campo (SP) 1.997
Ipojuca (PE) 1.978
Igarassu (PE) 1.856
Macaé (RJ) 1.830
Londrina (PR) 1.724
Canoas (RS) 1.631
Osasco (SP) 1.440
Camaçari (BA) 1.371
Contagem (MG) 1.355
Timbaúba (PE) 1.352
Betim (MG) 1.292
Teresina (PI)
 
1.292
 
Blumenau (SC) 1.292
Aracaju (SE)
 
1.283
 
Caxias do Sul (RS) 1.279
Niteroi (RJ) 1.273
Palmas (TO)
 
1.254
 
Araucária (PR) 1.234
Franca (SP) 1.219
Florianópolis (SC)
 
1.145
 
Campo Grande (MS)
 
1.136
 
João Pessoa (PB)
 
1.134
 
Cuiabá (MT)
 
1.090
 
Ipatinga (MG) 1.088
Vitória (ES)
 
1.085
 
Santos (SP)

1.070



OUTRAS CAPITAIS
 
Rio Branco (AC) 604
Boa Vista (RR) 438
Macapá (AP) 364
Maceió (AL) 198

Mais Sobre Economia - Nacional

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is