Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Política industrial poderá incluir desoneração do INSS



Gilberto Costa
 Agência Brasil


Brasília – A nova política de desenvolvimento industrial, em elaboração no governo, poderá incluir a redução da alíquota de recolhimento previdenciário para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), assim como já ocorre com o microempreendedor individual. A possibilidade foi admitida pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, em entrevista à Agência Brasil.

Segundo o ministro, que participou hoje do programa de rádio Bom Dia, Ministro (produzido pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República e pela EBC Serviços), o governo estuda essa medida.

Se adotada, a redução da alíquota do INSS - uma demanda histórica do setor empresarial nas discussões de reforma tributária - terá impacto na folha de pagamento. No projeto de reforma tributária do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a desoneração da folha também envolvia a extinção do salário educação. Entidades representativas dos trabalhadores são contra a desoneração.

No caso dos microempreendedores individuais, excluídos do mercado formal e do sistema de Previdência Social, a redução da alíquota do INSS (conforme a Medida Provisória nº 529, de 7/4/2011), pode incrementar o estímulo à formalização.

A estimativa com base na Pesquisa Nacional de Amostra Domiciliar (Pnad/IBGE) é que existam até 5 milhões de microempreendedores individuais ocupados em atividades como a de vendedores ambulantes, instalados em pequeno comércio, ou fazendo a prestação de pequenos serviços de consertos e reparos.

Até 17 de março deste ano, o Programa do Microempreendedor Individual do governo federal conseguiu formalizar 1 milhão de trabalhadores. “O país cresce como uma árvore, da raiz para cima”, comparou Pimentel durante o Bom Dia, Ministro ao defender a formalização das atividades dos microempreendedores e a desoneração da alíquota do INSS.

 

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)