Porto Velho (RO) sábado, 11 de julho de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

PIB da agropecuária deve crescer 6,5% no ano apesar de queda no terceiro trimestre, estima CNA



Wellton Máximo
  Agência Brasil

Brasília – Apesar de ter sido o principal responsável pelo encolhimento de 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB) no terceiro trimestre, a agropecuária deve fechar o ano com crescimento, estima a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). De acordo com a entidade, a safra recorde de grãos e o desempenho da cana-de-açúcar devem fazer o setor encerrar o ano com crescimento de 6,5%.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB do agronegócio caiu 3,5% no terceiro trimestre depois de subir 3,9% nos três meses anteriores. A queda foi motivada pelo fim da safra de soja e por perdas em culturas que sustentam a safra de julho a setembro, como laranja (-14,2%), café (-6,5%) e mandioca (-11,5%).

Até setembro, o agronegócio acumula crescimento de 8,1%. Segundo a CNA, o setor continuará a ter desempenho negativo no quarto trimestre por causa da entressafra na maioria das culturas, fazendo a expansão do setor desacelerar para 6,5% até o fim do ano.

O crescimento do setor em 2013, destacou a confederação, será unicamente sustentado pelo primeiro trimestre, por causa da safra recorde de cereais, fibras e oleaginosas – 186,8 milhões de toneladas – e pelo crescimento de 6,2% na produção de cana-de-açúcar – de 670,7 milhões de toneladas em 2012 para 712,3 milhões de toneladas este ano.

Segundo o IBGE, o agronegócio foi o responsável pela diminuição do PIB no terceiro trimestre. A indústria e os serviços cresceram 0,1% de junho a setembro. Outro fator que fez a economia encolher no período foi o recuo de 2,2% nos investimentos, motivados principalmente pelo desempenho negativo de 0,3% na construção civil.

 

Mais Sobre Economia - Nacional

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões