Porto Velho (RO) domingo, 24 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

PIB cresceu 0,5% no segundo trimestre


Cássia Almeida - Agência O Globo O Produto Interno Bruto (soma de todas as riquezas produzidas no país) cresceu 0,5% no segundo trimestre deste ano em relação ao trimestre anterior, o pior desempenho desde o período de julho a setembro de 2005. A taxa, divulgada nesta quinta-feira pelo IBGE, mostra uma forte desaceleração da economia, já que no primeiro trimestre houve crescimento de 1,3% em igual comparação.O resultado veio ainda abaixo das expectativas do mercado, que esperava um crescimento em torno de 0,7%. O crescimento do PIB no segundo trimestre em relação a igual período do ano passado foi de 1,2%.Um conjunto de fatores afetou o desempenho da economia no segundo trimestre do ano, de acordo com o IBGE. Segundo Rebeca Palis, gerente das Contas Nacionais Trimestrais, a greve da Receita Federal, o real valorizado por muito tempo, paralisações por conta dos jogos da Copa do Mundo, paradas técnicas erm plataformas da Petrobras explicam esse desempenho menor no segundo trimestre:- A greve da Receita Federal prejudizou o comércio exterior. Tanto nas exportações quanto nas importações de insumos necessários à indústria. Aliado a isso, o câmbio valorizado por muito tempo também afetou as exportações que, pela primeira vez, desde terceiro trimestre de 2003, apresentaram queda. Sem contar com menos dias úteis no trimestre - disse Rebeca.De acordo com pesquisa semanal do Banco Central, o mercado espera crescimento de 3,5% para o ano, contra 3,53% estimados anteriormente.O PIB acumulado nos últimos 12 meses terminados no segundo trimestre de 2006 cresceu 1,7% em relação aos quatro trimestres anteriores. No 1º semestre de 2006, houve crescimento de 2,2%, em relação a igual período de 2005.O IBGE também revisou para baixo os dados do primeiro trimestre deste ano. Na comparação com o último trimestre de 2005, a taxa de crescimento nos três primeiros meses do ano foi reduzida de 1,4%, informado anteriormente, para 1,3%.O instituto reduziu também os números do primeiro trimestre na comparação com o mesmo período do ano passado de 3,4%, informado anteriormente, para 3,3%.RETRAÇÃO DA INDÚSTRIAO PIB da indústria brasileira caiu 0,3% no segundo trimestre em relação ao desempenho apurado no início do ano. A agropecuária teve expansão de 0,8%, enquanto o setor de serviços cresceu 0,6%.A formação bruta de capital fixo, um indicador do volume de investimentos no país, recuou 2,2%.As exportações de bens e serviços caíram após 12 trimestres consecutivos de crescimento e tiveram a pior performance desde o primeiro trimestre de 2003, quando registraram queda de -8,2%. De abril a junho, a queda foi de 5,1% na comparação com o volume registrado de janeiro a março.As importações de bens e serviços ficaram estáveis (-0,1%), após um crescimento de 10,4% no primeiro trimestre em comparação com o quarto trimestre de 2005.Considerando a demanda interna, o consumo das famílias, que registrou crescimento de 1,2%, seguido pelo Consumo do Governo (0,8%).Veja ainda outros gráficos comparativos do PIB:

Mais Sobre Economia - Nacional

BC anuncia mais injeção de dólares no mercado de câmbio

BC anuncia mais injeção de dólares no mercado de câmbio

O Banco Central informou hoje (22) que continuará ofertando contratos de swap cambial, equivalente à venda futura de dólares, ao longo da próxima sema

IBGE: Golpistas fecharam 14 mil indústrias

IBGE: Golpistas fecharam 14 mil indústrias

Com a colossal colaboração do Judge Murrow!

Greve dos caminhoneiros ainda impacta estoques do varejo

Greve dos caminhoneiros ainda impacta estoques do varejo

Levantamento da CNC aponta demora na normalização do abastecimento em 17 estados

Publicada lei que altera juros de fundos constitucionais

A lei que altera o cálculo dos juros dos fundos constitucionais de financiamento foi publicada na edição de hoje (20) do Diário Oficial da União.