Porto Velho (RO) segunda-feira, 6 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Paulo Bernardo diz PAC deve superar deficiência de infra-estrutura no país


Yara Aquino
Agência Brasil


Brasília - A infra-estrutura foi apontada hoje (12) como uma "deficiência do país" pelo ministro do Planejamento, Paulo Bernardo. "Essa é uma deficiência do país, deixamos muito tempo de fazer investimentos de porte em infra-estrutura, acreditamos que o PAC [Programa de Aceleração do Crescimento] em boa medida supre essa deficiência e, à medida que ele ganhe velocidade, isso vai se resolvendo".

Os investimentos em infra-estrutura, no entanto, não devem ser apenas públicos, de acordo com Bernardo. "Queremos melhorar cada vez mais o ambiente de negócios para garantir que a iniciativa privada invista pesadamente em infra-estrutura". De acordo com ele, os investimentos públicos e privados devem se complementar, sendo os privados, estimulados.

O ministro, que se reuniu pela manhã com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro da Fazenda, Guido Mantega, citou números da economia em 2007. Segundo ele, os investimentos cresceram 13,4%, o consumo das famílias 6,5%, as vendas no comércio cresceram 9,6% no ano passado e o total de operações de crédito para pessoas físicas aumentou 23%.

 

Mais Sobre Economia - Nacional

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões

Ajuda ao MEi será de R$600,  diz presidente Bolsonaro

Ajuda ao MEi será de R$600, diz presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (26) que o auxílio emergencial para os trabalhadores informais durante a pandemia do novo coronavírus será de