Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Para presidente do BC, queda na produção industrial é pontual


Aguinaldo Novo - Agência O GloboSÃO PAULO - O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, minimizou hoje a queda de 1,4% da produção industrial em setembro, acima das estimativas do mercado. Para Meirelles, cujo trabalho no governo tem sido associado a uma política monetária restritiva, com efeitos negativos para o crescimento da economia, não se deve fazer avaliações apenas com base "em dados pontuais".- A produção industrial varia dependendo de uma série muito grande de fatores. Portanto, não podemos nos prender a dados pontuais. O importante é analisarmos a tendência, e a tendência geral do Brasil é de crescimento - afirmou ele, depois de participar de evento na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).Em defesa da sua explicação, o presidente do BC citou o forte crescimento das vendas no varejo.- Se olharmos do lado da demanda agregada, vamos ver, por exemplo, que as vendas no varejo cresceram em agosto 6,3%, em comparação a agosto de 2005. Isso significa que a renda está crescendo, o salário está crescendo, a massa salarial, o emprego estão crescendo, e isso propicia todas as condições para que a produção aumente - disse Meirelles.Ele reafirmou a defesa da atual política monetária e da importância do BC se manter atento às metas de inflação.- O importante é que, independentemente dos desejos de que o Brasil cresça mais, o país tem e irá manter suas conquistas. O presidente (Lula) deixou isso muito claro. O Brasil tem um compromisso com a estabilidade visando, aí sim, criar as condições para que possa achar o caminho para o crescimento. E um compromisso com a estabilidade significa um BC comprometido com a meta (de inflação) - afirmou Meirelles.Meirelles não quis comentar a alta de 0,81% do IGP-DI em outubro, também acima das previsões dos analistas. Ele afirmou que "uma das boas normas de governança é não comentar índices pontuais de inflação".

Mais Sobre Economia - Nacional

Publicada lei que altera juros de fundos constitucionais

A lei que altera o cálculo dos juros dos fundos constitucionais de financiamento foi publicada na edição de hoje (20) do Diário Oficial da União.

CNI: confiança do empresário industrial tem maior queda desde 2010

Índice caiu 5,9 pontos em junho frente a maio

Copom inicia hoje reunião para definir taxa Selic

Para instituições financeiras consultadas pelo BC, a Selic deve ser mantida no atual patamar – 6,5% ao ano até o final de 2018

Salmão e filé mignon recebem benefícios fiscais

Salmão e filé mignon recebem benefícios fiscais

O secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, afirma, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, que a estritura tributárias do país sofre com muita