Porto Velho (RO) quarta-feira, 15 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Número de micro e pequenas empresas cresceu 22,1%


Agência O Globo SÃO PAULO - O número de micro e pequenas empresas (MPEs) no Brasil aumentou 22,1% entre 2000 e 2004, passando de 4,11 milhões 5,02 milhões. Os dados são da pesquisa Onde estão as Micro e Pequenas Empresas no Brasil, elaborada pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo (Sebrae-SP).De acordo com o estudo, dos 924 mil novos estabelecimentos abertos no Brasil nesse período, 99% eram micro e pequenas empresas. A maior expansão aconteceu nas regiões Norte e Centro-Oeste, onde o número de MPEs aumentou, respectivamente, 29,1% e 27,2% nos quatro anos estudados.Entretanto, 85% destas novas empresas estão concentradas em 10 Estados - São Paulo (30,7%), Minas Gerais (11.6%), Rio Grande do Sul (10,7%), Paraná (7,9%), Rio de Janeiro (6,7%), Santa Catarina (5,3%), Bahia (4,5%), Goiás (3%), Ceará (2,9%) e Pernambuco (2,4%).Outro dado importante do mapa do segmento no Brasil é o crescimento de 28,4% do setor de serviços entre as MPEs. Serviços de informática, aluguel de veículos, máquinas e objetos pessoais, venda de material de informática, celulares e acessórios e serviços de entregas, entre outros, registraram um crescimento maior entre 2000 e 2004.- A pesquisa mostra claramente que há forte expansão de micro e pequenas empresas tanto em setores tradicionais, tais como de alimentos e vestuário, quanto nos segmentos mais sofisticados da economia, como os segmentos de informática e comunicações - avalia o coordenador do Observatório das MPEs, Marco Aurélio Bedê, responsável pela pesquisa, acrescentando:- A diferença é que os tradicionais se expandiram mais nas regiões mais pobres, enquanto nas regiões mais ricas a expansão foi puxada pelos segmentos mais sofisticados.

Mais Sobre Economia - Nacional

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

o socorro financeiro do governo federal ao pagamento de dívidas de estados e municípios com a União vai gerar um impacto de R$ 90,3 bilhões nas contas

Dia dos pais tem 2º ano de crescimento das vendas

Dia dos pais tem 2º ano de crescimento das vendas

A EXPECTATIVA PARA AS VENDAS DE RONDÔNIA SÃO MELHROES QUE A MÉDIA NACIONALA Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo-CNC estima q

Banco Central aprova aquisição da XP Investimentos pelo banco Itaú

Banco Central aprova aquisição da XP Investimentos pelo banco Itaú

O Banco Central (BC) aprovou, com restrições e limitações, a aquisição de 49,9% da XP Investimentos pelo Itaú Unibanco. O acordo viabiliza o investime

Efeito cascata: Aumento do STF vai custar R$ 137 mi em Minas

Efeito cascata: Aumento do STF vai custar R$ 137 mi em Minas

Caso o Congresso acate, o reajuste dos ministros do STF vai aumentar a despesa em R$ 10,55 milhões por mês, ou R$ 137,15 milhões, aí somado o décimo-t