Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Moscou paga o restante da dívida da antiga URSS


Agência O GloboMOSCOU - O Vsnehseconombank, banco estatal russo de comércio exterior e agente do Ministério da Fazenda da Rússia para o serviço da dívida externa, anunciou nesta segunda-feira que completou o pagamento, adiantado, aos países credores do Clube de Paris, da totalidade da dívida da extinta União Soviética.Em comunicado à imprensa, a instituição informou ter transferido US$ 23,74 bilhões, que correspondem aos pagamentos correntes, à devolução, adiantada, de US$ 22,3 bilhões, soma que inclui um abono de US$ 1 bilhão para quatro países.A devolução adiantada da dívida soviética, para evitar o pagamento de 7% de juros anuais e acertada no dia 30 de junho, será o maior da história do Clube de Paris, que integra 18 credores públicos

Mais Sobre Economia - Nacional

Aumento do judiciário inviabiliza folha de pagamento em 13 estados

Aumento do judiciário inviabiliza folha de pagamento em 13 estados

Matéria do jornal Valor destaca a situação complexa dos estados e das respectivas folhas de pagamento: "metade dos 26 Estados ultrapassou pelo menos o

Pagamento dos servidores estaduais é antecipado e injetará R$ 185 milhões na economia de Rondônia

Pagamento dos servidores estaduais é antecipado e injetará R$ 185 milhões na economia de Rondônia

O pagamento dos servidores estaduais programado para o próximo dia 28 será antecipado para este sábado (18). Segundo a Secretaria de Finanças (Sefin),

Inflação do aluguel avança e atinge 0,67% na segunda prévia de agosto

Inflação do aluguel avança e atinge 0,67% na segunda prévia de agosto

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado para reajustar aluguéis, avançou 0,14 ponto percentual na segunda prévia de agosto e fechou em 0,67%.

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

o socorro financeiro do governo federal ao pagamento de dívidas de estados e municípios com a União vai gerar um impacto de R$ 90,3 bilhões nas contas