Porto Velho (RO) terça-feira, 28 de junho de 2022
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Ministério Público investiga irregularidades no PanAmericano


 
Débora Zampier e Kelly Oliveira

Agência Brasil, Brasília - O Ministério Público Federal em São Paulo (MPF-SP) começou a investigar possíveis crimes relativos ao rombo de R$ 2,5 bilhões do Banco PanAmericano. O MPF também acompanhará a fiscalização do Banco Central (BC) sobre a instituição financeira. Responsáveis pela pela investigação, os procuradores Rodrigo Figueiredo e Anamara Osório Silva preferem não dar mais informações sobre o caso nesta fase inicial do processo.

A investigação foi aberta a partir de comunicado feito ontem (11) pelo BC sobre os indícios de crimes na contabilidade do PanAmericano e não há data para que a apuração termine. O trabalho do MPF pode ter três resultados: arquivamento do caso, se nenhuma irregularidade for comprovada; abertura de inquérito criminal, no qual os procuradores aprofundarão a apuração com a ajuda da Polícia Federal; ou oferecimento de denúncia à Justiça, caso já tenham sido reunidos elementos suficientes para punir os responsáveis.

O Banco PanAmericano precisou recorrer ao Fundo Garantidor de Créditos (FGC) para receber um empréstimo de R$ 2,5 bilhões e restabelecer o equilíbrio patrimonial. Do rombo de R$ 2,5 bilhões na contabilidade da instituição financeira, cerca de R$ 2,1 bilhões são referentes a desequilíbrios do próprio banco e R$ 400 milhões relacionados à administração de cartões de crédito, disse ontem (11) o presidente do BC, Henrique Meirelles. Ele não deu detalhes sobre a fraude contábil do PanAmericano e assinalou que não é competência do BC fiscalizar o setor de cartões de crédito.

De acordo com Meirelles, o BC fez uma avaliação de todo o sistema bancário e não encontrou nenhuma instituição com problemas semelhantes aos do PanAmericano. No entanto, ressalvou, não há garantias de que surjam, no futuro, problemas em outras instituições. O BC, afirmou, continua a investigar a situação do PanAmericano.

Mais Sobre Economia - Nacional

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is