Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Mercados: DIs seguem quadro geral favorável e recuam na BM & F


Agência O Globo SÃO PAULO - O pregão de juros da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM & F) acompanha o clima positivo no mercado financeiro como um todo e registra queda nas taxas dos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI). Diante do cenário favorável para a inflação doméstica, o segmento futuro segue a reação otimista dos investidores a novos números benignos sobre a atividade econômica dos Estados Unidos, amparados pelo fluxo positivo de investimentos para o Brasil.Às 12h50, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para julho marcava 12,20% anuais, estável. A taxa para janeiro de 2008 recuava 0,02 ponto percentual, a 11,54% ao ano. O vencimento de julho do próximo ano registrava 11,11% anuais, com declínio de 0,03 ponto. Janeiro de 2009 cedia 0,05 ponto, a 10,84% ao ano. O DI para janeiro de 2010 projetava 10,55% anuais, com baixa de 0,06 ponto.De acordo com o gestor da Máxima Asset Management, Renato Motta, o pregão de juros reflete uma conjunção de fatores, que incluem desde o cenário benigno para a inflação brasileira nos próximos meses até dados econômicos positivos sobre os Estados Unidos nos últimos dias. Sem informações específicas para o segmento de juros futuros, o pregão de DI acaba acompanhando o movimento dos demais mercados, que permanece bem-humorado desde ontem, amparado por fluxo e notícias externas.Nesta quinta-feira, em Wall Street, os índices acionários eram favorecidos por dados mais fortes de produtividade naquele país, enquanto o custo da mão-de-obra ficou abaixo das expectativas. O setor de serviços também mostrou aceleração. O Dow Jones subia 0,11% e o S & P 500 avançava 0,32% há pouco. Os agentes em Nova York analisam ainda notícias corporativas, como os números da General Motors (GM).No mercado local, o Ibovespa subia 1,20%, aos 50.065 pontos, enquanto o dólar recuava 0,04%, vendido a R$ 2,023. (Paula Laier | Valor Online)

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)