Domingo, 25 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Mantega teme prolongamento da crise e redução no crescimento mundial



Marcos Chagas
 Agência Brasil


Brasília – O governo federal trabalha com o cenário de uma crise econômica mundial de longa duração em função da demora dos países da União Europeia adotarem as medidas necessárias para resolver seus problemas internos. Segundo o presidente da Comisssão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, Delcídio Amaral (PT-MS), o relato foi feito hoje (16) pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, em uma rápida conversa telefônica.

Na conversa, ele confirmou presença no Senado, na próxima terça-feira (23), quando a CAE abre um ciclo de debates sobre a crise econômica internacional. O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, também participará dos debates.

De acordo com Delcídio Amaral, o ministro disse que a crise deverá ter “um fôlego grande”, uma vez que países europeus “adiam decisões duras que têm de ser tomadas e a situação se complica com o prolongamento da crise e uma redução no crescimento mundial”. O senador acrescentou que o baixo crescimento econômico da Europa poderá afetar os demais países.

Diante desse cenário, o presidente da CAE considera fundamental a adoção de medidas para tentar conter os efeitos da crise sobre a economia nacional, observação que também será feita por Mantega aos senadores. Uma das preocupações de Delcídio é a sobrevalorização do real frente o dólar.

Ele acrescentou que o panorama econômico deve complicar-se ainda mais com as eleições presidenciais dos Estados Unidos, em 2012. Para ele, a tendência é que o presidente e candidato à reeleição, Barack Obama, adote medidas restritivas às importações e de fortalecimento da economia interna.

 

Gente de OpiniãoDomingo, 25 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

Programa Social: Novo Bolsa Família cumprirá teto de gastos, diz ministro da Cidadania

O programa social que pretende substituir o Bolsa Família terá o maior valor possível para o benefício dentro do teto de gastos, disse hoje (9) o mi

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

Banco do Brasil lança dois programas de desligamento incentivado

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) dois programas de desligamento incentivado. A expectativa é que a adesão chegue a 5 mil fun

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Gente de Opinião Domingo, 25 de fevereiro de 2024 | Porto Velho (RO)