Porto Velho (RO) quinta-feira, 29 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Mantega: Pacote cambial não vai aumentar vulnerabilidade


Agência O Globo BRASÍLIA - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que as medidas do pacote cambial anunciado nesta quarta-feira não vão aumentar a vulnerabilidade externa o país e só puderam ser adotadas porque o país conseguiu reduzir essa vulnerabilidade. - Não vejo como essas medidas possam ameaçar a redução da vulnerabilidade. Hoje o Brasil conquistou uma redução da vulnerabilidade histórica e essas medidas são resultado dessa diminuição. Você não tomaria essas medidas, caso a vulnerabilidade não tivesse caído - afirmou. Mantega também ressaltou que as medidas poderão ser revogadas a qualquer momento que o governo julgar conveniente. - Não se está estabelecendo uma liberalização do mercado, de forma permanente e indiscriminada. Há um pouco mais de liberdade, é fato, porém ela poderá ser suprimida a qualquer momento. O governo mantém todos os controles cambiais na mão e poderá usá-los a qualquer momento. Nós temos uma legislação em vigor que nos permitiria até a centralização cambial, caso ela fosse necessária. Tudo isso permanece em vigor, já vem de muitos anos, não foi revogado, estará em vigor.

Mais Sobre Economia - Nacional

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões