Porto Velho (RO) quinta-feira, 16 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Mantega diz que medidas não vão desvalorizar real


Agência O GloboRIO - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, ressaltou que as medidas anunciadas nesta quarta-feira não causarão a desvalorização do real, mas que impedirão uma valorização tão forte quanto a que está ocorrendo.- Temos de ter um real valorizado. Isso (o pacote) é para evitar que o real se valorize tanto - afirmou.Mantega explicou que, pelo cenário da economia brasileira, a tendência é de que o real se valorize.O ministro disse também que o impacto do pacote cambial nas cotações do dólar ainda leverão certo tempo. Segundo ele, as variações atuais ainda não são efeito do pacote, que só influenciará o câmbio no momento em que houver mudanças no fluxo do caixa das empresas exportadoras, após a publicação das medidas provisórias.- É preciso que as medidas entrem em prática e, em seguida, teremos alguns resultados.

Mais Sobre Economia - Nacional

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

o socorro financeiro do governo federal ao pagamento de dívidas de estados e municípios com a União vai gerar um impacto de R$ 90,3 bilhões nas contas

Dia dos pais tem 2º ano de crescimento das vendas

Dia dos pais tem 2º ano de crescimento das vendas

A EXPECTATIVA PARA AS VENDAS DE RONDÔNIA SÃO MELHROES QUE A MÉDIA NACIONALA Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo-CNC estima q

Banco Central aprova aquisição da XP Investimentos pelo banco Itaú

Banco Central aprova aquisição da XP Investimentos pelo banco Itaú

O Banco Central (BC) aprovou, com restrições e limitações, a aquisição de 49,9% da XP Investimentos pelo Itaú Unibanco. O acordo viabiliza o investime

Efeito cascata: Aumento do STF vai custar R$ 137 mi em Minas

Efeito cascata: Aumento do STF vai custar R$ 137 mi em Minas

Caso o Congresso acate, o reajuste dos ministros do STF vai aumentar a despesa em R$ 10,55 milhões por mês, ou R$ 137,15 milhões, aí somado o décimo-t