Porto Velho (RO) domingo, 15 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Lula: corte em verbas do PAC no Orçamento será vetado


 Vitor Abdala
 Agência Brasil

Rio de Janeiro - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje (21) que vetará qualquer previsão de corte de verbas para o Programa de Aceleração do Crescimento no Orçamento de 2011. Lula disse ainda que a presidenta eleita, Dilma Rousseff, que assume em 1º de janeiro do ano que vem, tampouco permitirá corte no orçamento do programa.

A afirmação foi uma resposta a respeito de um suposto corte nas obras do programa, proposto pela Comissão do Orçamento do Congresso. “Posso te dizer: não vão cortar dinheiro do PAC. O compromisso da companheira Dilma Rousseff é pelo desenvolvimento desse país. Ela foi a gestora do PAC [quando era ministra-chefe da Casa Civil], portanto ela trabalhou como ninguém para o PAC dar certo. Tenho certeza de que ela vai gastar cada centavo do PAC”, disse.


 

Mais Sobre Economia - Nacional

Comunicação nos novos tempos + Rescisão consensual garante saque de parte do FGTS

Comunicação nos novos tempos + Rescisão consensual garante saque de parte do FGTS

*Comunicação nos novos tempos* Face à nova realidade econômica, as empresas atualmente vivem um grande desafio: como conseguir se comunicar melhor com

Petrobras e Sebrae lançam no DF edital para startups e pequenos negócios inovadores

Petrobras e Sebrae lançam no DF edital para startups e pequenos negócios inovadores

A Petrobras lançará em Brasília, nesta quarta-feira (04), em parceria com o Sebrae, a chamada de projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P,D

Descubra dicas para montar o seu próprio negócio online

Descubra dicas para montar o seu próprio negócio online

Com a ascensão da internet, muitas mulheres decidiram usar as plataformas digitais para ganhar um lucro extra ou até mesmo abrir mão da carreira e se

MP da Liberdade Econômica: entenda as principais mudanças

MP da Liberdade Econômica: entenda as principais mudanças

Aprovada na quarta-feira (21) à noite pelo Senado, a Medida Provisória (MP) da Liberdade Econômica pretende, segundo o governo, diminuir a burocracia