Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Lucro líquido do Bradesco fica em R$ 5,04 bilhões


Aguinaldo Novo, Agência O Globo SÃO PAULO - O maior banco privado do país, o Bradesco, registrou lucro líquido de R$ 5,04 bilhões em 2006, o que correspondeu a uma queda de 8,3% na comparação com o ano anterior. O resultado final foi afetado pela decisão do banco de antecipar integralmente os ágios referentes a compras de outras instituições. Em 2006, o Bradesco amortizou R$ 2,5 bilhões. Não fosse isso, o lucro líquido chegaria a R$ 6,363 bilhões.A decisão também deve valer no caso do BMC, cuja compra foi anunciada neste ano. O Bradesco, nesta operação, tem direito a amortizar cerca de R$ 500 milhões. Tão logo a compra tenha a aprovação formal do Banco Central, o banco informa que amortizará integralmente o valor em seu balanço.- Isso torna o balanço mais limpo, mais transparente - disse Márcio Cipriano, presidente do Bradesco.Pelo balanço publicado nesta segunda, a carteira de crédito total, incluindo avais e fianças, atingiu R$ 116,2 bilhões, o que corresponde a crescimento de 24,2% em relação a 2005. A carteira foi puxada pelo volume de empréstimos a pequenas e médias empresas (+ 23,8%) e pessoa física (+ 19,2%), em que as margens de ganho da instituição são maiores.A previsão para 2007 é que a carteira de crédito cresça entre 20% e 25%.

Mais Sobre Economia - Nacional

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

o socorro financeiro do governo federal ao pagamento de dívidas de estados e municípios com a União vai gerar um impacto de R$ 90,3 bilhões nas contas

Dia dos pais tem 2º ano de crescimento das vendas

Dia dos pais tem 2º ano de crescimento das vendas

A EXPECTATIVA PARA AS VENDAS DE RONDÔNIA SÃO MELHROES QUE A MÉDIA NACIONALA Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo-CNC estima q

Banco Central aprova aquisição da XP Investimentos pelo banco Itaú

Banco Central aprova aquisição da XP Investimentos pelo banco Itaú

O Banco Central (BC) aprovou, com restrições e limitações, a aquisição de 49,9% da XP Investimentos pelo Itaú Unibanco. O acordo viabiliza o investime

Efeito cascata: Aumento do STF vai custar R$ 137 mi em Minas

Efeito cascata: Aumento do STF vai custar R$ 137 mi em Minas

Caso o Congresso acate, o reajuste dos ministros do STF vai aumentar a despesa em R$ 10,55 milhões por mês, ou R$ 137,15 milhões, aí somado o décimo-t