Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Juros futuros: DI para janeiro de 2008 fecha em alta de 0,05%


Agência O GloboRIO - Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), as projeções das taxas de juros não apresentaram tendência definida, no encerramento das operações.Os contratos com prazos mais longos, como o DI com vencimento em janeiro de 2008 - de maior liqüidez e mais negociado - fecharam em alta pouco acentuada, bem perto da estabilidade. Nesta caso a variação foi de 0,05%, com taxa de 14,29% ao ano.Já os contratos com taxas com vencimentos mais próximos, fecharam em baixa influenciadas pelas boas perspectivas internas. O IPC-S medido até 22 de agosto e o IPCA-15 do mesmo mês, divulgados durante a sessão, vieram em linha com as expectativas.Outros contratos que fecharam com bom volume negociado foram o com vencimento em janeiro de 2007, que registrou taxa de 14,28% e o de abril de 2007, com taxa de 14,25%. No fechamento de terça-feira, as taxas apontadas por estes contratos eram 14,28% e 14,22%, respectivamente. As informações são do site Infomoney.

Mais Sobre Economia - Nacional

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

o socorro financeiro do governo federal ao pagamento de dívidas de estados e municípios com a União vai gerar um impacto de R$ 90,3 bilhões nas contas

Dia dos pais tem 2º ano de crescimento das vendas

Dia dos pais tem 2º ano de crescimento das vendas

A EXPECTATIVA PARA AS VENDAS DE RONDÔNIA SÃO MELHROES QUE A MÉDIA NACIONALA Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo-CNC estima q

Banco Central aprova aquisição da XP Investimentos pelo banco Itaú

Banco Central aprova aquisição da XP Investimentos pelo banco Itaú

O Banco Central (BC) aprovou, com restrições e limitações, a aquisição de 49,9% da XP Investimentos pelo Itaú Unibanco. O acordo viabiliza o investime

Efeito cascata: Aumento do STF vai custar R$ 137 mi em Minas

Efeito cascata: Aumento do STF vai custar R$ 137 mi em Minas

Caso o Congresso acate, o reajuste dos ministros do STF vai aumentar a despesa em R$ 10,55 milhões por mês, ou R$ 137,15 milhões, aí somado o décimo-t