Porto Velho (RO) terça-feira, 11 de agosto de 2020
×
Gente de Opinião

Economia - Nacional

Juros do empréstimo pessoal estão maiores


Maria Fernanda Blaser - Agência O Globo RIO - Mesmo com as reduções sucessivas na taxa básica de juros da economia (Selic), os bancos subiram as taxas cobradas no empréstimo pessoal. Pesquisa feita pelo Procon de São Paulo mostra que o juro médio do crédito pessoal aumentou de 5,31% ao mês, em novembro, para 5,37% neste mês. A maior alta foi feita pelo Banco Real, que elevou os juros em 10,17%: a taxa subiu de 5,90% ao mês, em novembro, para 6,50% neste mês. A Caixa Econômica Federal também aumentou os juros para 4,68% ao mês. Em novembro, a taxa cobrada era de 4,62% ao mês. A técnica do Procon Cristina Raphael Martinussi destaca que as taxas do crédito pessoal voltaram ao mesmo patamar de julho. - Com o aumento do consumo no final do ano, a tendência é que os bancos elevem os juros - comenta. Cheque especial Depois de cinco meses de queda, os juros do cheque especial estacionaram. A taxa média cobrada em dezembro permaneceu em 8,15% ao mês - o mesmo patamar de novembro. A única instituição que reduziu os juros deste crédito foi o Banco do Brasil: a taxa teve uma queda de 0,03 ponto percentual e passou de 7,73% ao mês, em novembro, para 7,70% ao mês em dezembro. O professor de finanças pessoais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), José Nicolau Pompeu, ressalta que os bancos começam a subir as taxas de juros neste mês para se prevenir. - A tendência é que até março, a inadimplência aumente. Isso porque o consumidor vai, mais uma vez, gastar mais do que pode no Natal e acumular com as despesas de janeiro e fevereiro - afirma. Para ele, é preciso evitar os empréstimos nesta época.

Mais Sobre Economia - Nacional

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Entre vinhos e lagostas Lewandowski instaura o caos + Não há empregos sem empresas

Não há empregos sem empresasEm 1985, a inflação no Brasil atingiu o valor de 242,23%. Em 1986, com receio da aceleração descontrolada da inflação, o g

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

MEI: Quem terá direito ao vale de R$600 e como pedir? + COVID19 no Brasil: cuidados

COVID19 no Brasil: cuidadosNa tentativa de conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID19), diversos países do mundo reforçaram suas medidas de is

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Corte de recursos do Sistema S pode causar fechamento de unidades e demissão de dez mil

Um documento enviado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aos governadores brasileiros revela que o corte de 50%

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

Empresas não prestaram informações sobre admissões e demissões referentes a janeiro e fevereiro

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informa que identificou a falta de prestação das informações sobre admissões